Agro Olhar

Sexta-feira, 23 de junho de 2017

Notícias / Geral

Shopping Estação Cuiabá deve ser inaugurado no segundo semestre de 2017 com 283 lojas

Da Redação - Viviane Petroli

24 Nov 2016 - 16:12

Foto: Assessoria

Shopping Estação Cuiabá deve ser inaugurado no segundo semestre de 2017 com 283 lojas
Com uma área de 130 mil m² de área construída, sendo 47 mil m² de área bruta locável (ABL), o Shopping Estação Cuiabá está previsto para ser inaugurado no segundo semestre de 2017. O empreendimento, que abrigará 283 lojas, será o quarto shopping da capital mato-grossense e deverá impulsionar a economia da região e gerar vários postos de trabalho.

A área de abrangência primária do Shopping Estação Cuiabá atinge cerca de 830 mil pessoas. "Seremos um shopping regional situado em um ponto estratégico da cidade que servirá também todo o estado do Mato Grosso para o público das classes A e B", pontua Marco Aurélio Cardoso, diretor executivo de desenvolvimento da BRMALLS, ao Agro Olhar.

Das 283 lojas que o empreendimento contará 28 serão entre âncoras, mini-âncoras e megalojas, enquanto 255 entre lojas satélites, alimentação fast food e de serviços.

Leia mais:

Crise econômica e exigências dos clientes levam empresários a abusar da criatividade no setor de bares

"Vamos levar para a população mato-grossense lojistas com grande atuação na cidade e no estado como Corpo e Arte, Ditado Popular, Bolo de Arroz, Mega Som, BLM, Luciula, entre outros. Além disso, marcas inéditas e importantes como Tok & Stok, Saraiva, Outback e Kalunga, entre outras, estão confirmadas no projeto. Do total de lojas, cerca de 12% serão destinadas à alimentação", revela.

Algumas das lojas, como Tok & Stok, Saraiva e Kalunga, além do Outback são inéditas em Mato Grosso. O diretor da BRMALLS revela que ainda há estabelecimentos em fase de negociação e outros em sigilo.

Imagem aérea das obras do Shopping Estação Cuiabá. (Foto: Assessoria)

As obras do Estação Cuiabá tiveram início em agosto de 2014 e está localizado na Avenida Miguel Sutil, próximo de centros médicos, prédios residenciais e comerciais. A escolha da Avenida Miguel Sutil foi por ser uma importante via de acesso de moradores de todas as áreas da cidade e circunda a região central de Cuiabá.

Além das lojas, o shopping contará com um multiplex Cinépolis com 7 salas de cinema, sendo o primeiro da cidade a oferecer salas VIP, além de tecnologia 3D e uma sala com megatela XE.

"O Shopping Estação Cuiabá foi planejado sob medida para oferecer um novo patamar de compras e conforto, trazendo o que há de mais moderno na indústria de shoppings para a capital do Mato Grosso. A começar pelo estacionamento, serão mais de 2 mil vagas cobertas. O mix de entretenimento e gastronomia será também um diferencial. Além de marcas tradicionais na cidade como o Planet Park e do consagrado Ditado Popular, teremos fortes nomes nacionais e internacionais como o inédito restaurante Outback, a hamburgueria americana Johnny Rockets. Com todos estes diferenciais, esperamos tornar o Estação Cuiabá no maior e melhor destino de compras, lazer e entretenimento do estado do Mato Grosso", diz Marco Aurélio Cardoso.

Lojas regionais

Assim como os demais shoppings da capital mato-grossense, incluindo o Várzea Grande Shopping na cidade de mesmo nome, o Estação Cuiabá contará com lojas e restaurantes regionais. Entre as marcas legitimamente mato-grossenses estão a Avenida, Ditado Popular, Corpo e Arte, Beto Sports, Brie Café, Haru, Marollo, Cozinha dos Fundos, Perpitola.

Marco Aurélio explica que a presença de marcas regionais se deve por acreditarem que "o sucesso de um grande shopping se baseia em uma série de fatores e um dos mais importantes deles é a composição do mix de lojas com as marcas vencedoras locais que possuem grande identificação com o público. Isto faz com que o shopping já nasça forte e com referências vencedoras".

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Luana
    25 Abr 2017 às 13:07

    Gostaria de saber onde consigo saber mais sobre a parte logística, quem procurar ?

  • CARLOS ALBERTO DE SOUZA
    21 Abr 2017 às 10:41

    tem que ter uma loja de Açai nesse shopping.

  • Jolieldo Bottelho
    03 Mar 2017 às 11:52

    Bacana, seria legal ter lojas mais exclusivas de grife que nossa capital esta precisando, ate mesmo uma grande loja de cosméticos como Shepora.

  • Paulo Gallo
    22 Fev 2017 às 08:45

    ja valeu pela tok e stok e o out back. mais kalunga e saraiva tudo aquilo que eu encontro em outras capitais que cuiaba nao tem. valeu ao estação cuiaba

  • Fael
    05 Dez 2016 às 11:54

    Em Belo Horizonte já existe o Shopping Estação BH, dessa mesma administradora. Mas aqui ele é focado nas classes C, D

  • Alessandro
    27 Nov 2016 às 11:35

    Bacana! Mais um shopping pra Cuiabá, embora aberto a todos, porém direcionados para alguns hehe...

  • Ademir
    25 Nov 2016 às 17:09

    Um Shopping em São Paulo nos Jardins por exemplo é com foco no público A e B, o C vai e também se enquadra, aqui será a mesma coisa um novo Shopping com este foco, se acha que está fora disso, como disse a reportagem tem 4 grandes shoppings pela cidade, se encaixe num deles!!! Porque é difícil fazer algo, ser público e querer agradar à todos, ali não é Parque de Diversões, e seu dono quis atingir um nicho de mercado, como diz, porque entra quando inaugurado, e começa a reclamar de preços e tudo, entendeu, não é tua praça, ache a que mais combine contigo!!

  • LUIZ CARLOS BISPO LUCAS
    25 Nov 2016 às 16:27

    O MEU RECADO AOS POBRES COMO EU, DEVEREMOS IR. BEM ARRUMADOS BEM VESTIDO PRA CAUSAR UMA BOA IMPRESSÃO AOS LOGISTAS...

  • Rodolfo
    25 Nov 2016 às 13:52

    tragam Fastshop!!!

  • Christian
    25 Nov 2016 às 12:31

    É natural o investidor focar um público. Isso não é discriminação, nem pecado, é foco em um público determinado. Tb não significa que pessoas de outras classes sociais não possam ir ao novo shopping. O mímimi é sem noção...

Sitevip Internet