Agro Olhar

Terça-feira, 17 de outubro de 2017

Notícias / Agricultura Familiar

Municípios buscam apoio para implantação do SIM para fomentar a abertura de novas agroindústrias

Da Redação - Viviane Petroli

16 Jun 2017 - 14:39

Foto: Associação Mato-grossense dos Municípios

Municípios buscam apoio para implantação do SIM para fomentar a abertura de novas agroindústrias
Municípios mato-grossenses estão buscando apoio para fomentar a abertura de novas agroindústrias de pequeno porte, fortalecendo a agricultura familiar. Nesta semana, representantes de oito consórcios intermunicipais de desenvolvimento reuniram-se com deputados estaduais na procura de apoio para a implantação dos Sistemas de Inspeção Municipal (SIM).
 
Leia mais:
Política de incentivo às feiras de alimentos orgânicos em Mato Grosso é apresentada na Assembleia Legislativa

O encontro entre os consórcios e os parlamentares foi intermediada pelo presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Rio Cuiabá, o prefeito de Rosário Oeste, João Balbino. Segundo ele, a economia de grande parte dos municípios mato-grossenses depende da agricultura familiar.
 
“Precisamos estimular a criação de novas agroindústrias e a regulamentação das existentes para agregar valor aos produtos da agricultura familiar, gerando emprego e renda para a população e novas receitas para estado e municípios”, explica Balbino.
 
Conforme informações da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), como a  operacionalização individual do SIM é inviável para a maioria dos municípios do Estado, a proposta é que o mesmo funcione de forma consorciada. A contratação dos profissionais que irão atender a região deve ser feita pelos consórcios intermunicipais. Além disso, outro benefício é quanto à possibilidade de comercialização legal dos produtos nas outras cidades que compõem o grupo, ampliando o mercado consumidor.
 
Os representantes dos oito consórcios intermunicipais de desenvolvimento solicitaram apoio aos deputados estaduais, durante reunião no último dia 13 de junho, na articulação junto ao governo do estado para que parte dos recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) destinados para a agricultura familiar seja repassado aos consórcios, contribuindo com o custeio das atividades.
 
A proposta sugere o repasse de R$ 30 mil por Mês para os consórcios que já possuem ou vierem a instalar o sistema de inspeção consorciado, explica o secretário executivo do Consórcio Complexo Nascentes do Pantanal, Dariu Carniel. “Os municípios financiarão a estrutura necessária para o funcionamento do sistema de inspeção e contaria com esse aporte do estado para os custos de manutenção”.
 
Outro ponto debatido na reunião entre os consórcios e os parlamentares foi a necessidade de dar celeridade à regulamentação do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf-MT).
 
O presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, que conduziu o encontro, pediu celeridade na tramitação da matéria, bem como afirmou que irá se reunir com a equipe de governo para tratar da regulamentação do Susaf e apoio ao SIM.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet