Agro Olhar

Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Notícias / Geral

Aumento de 29% em emplacamento é visto com cautela por setor; desempenho é inferior a média nacional

Da Redação - André Garcia Santana

06 Dez 2017 - 17:05

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Aumento de 29% em emplacamento é visto com cautela por setor; desempenho é inferior a média nacional
O levantamento de emplacamentos de veículos apontou aumento de 29,04% em novembro em comparação com o mesmo período de 2016, segundo levantamento da Federação das Concessionárias de Veículos - Regional Mato Grosso (Fenabrave-MT). O número ostensivo, contudo, não foi comemorado pelo setor, uma vez que não reflete a realidade das vendas nas lojas de veículos zero. O salto, segundo a Federação, é explicado pelo fim da greve no Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Leia mais:
Mitsubishi em Cuiabá dribla crise com pós-venda e preço competitivo; compra da marca melhora cenário

O órgão teve as atividades paralisadas por quase dois meses e, portanto, os registros estavam acumulados e estão ocorrendo com atraso. Foram emplacados 7.265 automóveis em novembro de 2017 e 5.630 em novembro de 2016, entre automóveis e comerciais leves, caminhões, ônibus, moto, implementos rodoviários e outros. Em outubro deste ano, as vendas alcançaram 5.740, assim registra-se aumento de 26,57% em novembro. 

Outro fato importante a ser avaliado é o de que o desempenho no acumulado do ano em Mato Grosso não acompanha o bom desempenho da média nacional. As No Brasil, as vendas de veículos novos subiram 14,6% em novembro deste ano em relação ao mesmo mês de 2016. "Acreditamos que, em parte, por conta das dificuldades de aprovações no cadastro dos clientes", o diretor da Fenabrave- Regional Mato Grosso, Paulo Boscolo. 

De acordo com a Fenabrave, os emplacamentos de automóveis e comerciais leves aumentaram 13,45% em novembro comparando com outubro. O penúltimo mês do ano fechou em 3.627 unidades, contra 3.197 unidades emplacadas em outubro. Comparando novembro deste ano a novembro de 2016 (2.863), o crescimento foi de.  

As vendas de caminhões e ônibus chegaram a 168 unidades em novembro. Em outubro foram 161, crescendo 4,35%. O segmento de motos deu um salto de 47,25%. Foram emplacadas 3.104 unidades em novembro e 2.108 no mês anterior. Implementos rodoviários chegaram a 193 emplacamentos em novembro e 181 em outubro. O aumento neste segmento foi de 6,63%. 

Embora os números pareçam animadores, o diretor avalia os números com cautela. Ele reitera que as vendas, em sua maior parte, cresceram porque os emplacamentos em meses anteriores estão sendo realizados agora, devido a greve no Detran.

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet