Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Notícias / Geral

Fávaro decreta redução nos valores para parcelamento do IPVA; entenda mudança

Da Redação - André Garcia Santana

10 Jan 2018 - 11:07

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Fávaro decreta redução nos valores para parcelamento do IPVA; entenda mudança
O pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) poderá ser parcelado caso o valor mínimo seja de R$ 128,24, valor atual da Unidade Padrão Fiscal (UPF/MT). A alteração foi determinada pelo governador em exercício, Carlos Fávaro (PSD), e foi publicada nesta quarta-feira (10) no Diário Oficial do Estado (DOE).

Leia mais:
Mato-grossenses podem pagar IPVA com 5% de desconto até a próxima semana

A norma está prevista no decreto nº 1.330, que revoga a portaria que estabelecia valor mínimo de três UPF’s por parcela. Caso contrário, o imposto deveria ser pago em uma apenas uma vez. Assim, os tributos que não ultrapassassem R$ 769,44 teriam que ser pagos à vista.

“Para recolhimento parcelado do imposto, deverá ser observado o valor mínimo para cada parcela, equivalente a 1 (uma) UPF/MT, vedada a sua concessão quando o montante de qualquer parcela resultar inferior ao aludido valor”, diz trecho do decreto.

De acordo com informações do Governo do Estado, o IPVA 2018 está, em geral, 3,24% mais barato do que o de 2017, com alíquotas que variam entre 1% e 4%, dependendo do tipo, marca, modelo e ano de fabricação do veículo.Aqui o tributo é responsável pela segunda maior arrecadação estadual, e do total arrecadado 50% vão para o Estado, e 50% para o município onde o veículo estiver licenciado.

O valor final do IPVA é calculado com base na pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que aponta redução média de 3,63% para automóveis, 3,52% para camionetas e utilitários, 6,77% para caminhões, 4,98% para ônibus e micro-ônibus e 2,34% para motos e similares.

Em Mato Grosso são tributados com o IPVA veículos fabricados a partir de 1988. Com base em dados da Secretaria de Fazenda, até setembro de 2017 a frota tributável no estado era constituída de 2.124.200 veículos, dos quais 2.097.776 foram tributados pelo IPVA em 2016.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Neide
    11 Jan 2018 às 11:49

    Grande vantagem......Agora, o Bertold tem toda razão.

  • Gildo
    11 Jan 2018 às 08:03

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Tá maluco, maluco!!
    10 Jan 2018 às 15:03

    O que esperar desse tal PSDB?

  • Bertold
    10 Jan 2018 às 14:52

    Para todos os efeitos, Pedro Taques poderá dizer em campanha: não tenho nada a ver com isso. Não assinei nada!

  • Marcelo Augusto
    10 Jan 2018 às 13:43

    O imposta não ta mais barato que o ano 2017, na verdade ouve uma desvalorização do bem e como consequência a redução do valor do imposto, propaganda enganosa.

  • Hélio
    10 Jan 2018 às 12:43

    Grande mudança! Reduz menos de 4% o valor e acaba com o parcelamento de praticamente todos os carros dos menos favorecidos. Parabéns!

  • EC
    10 Jan 2018 às 11:45

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet