Agro Olhar

Segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Notícias / Capacitação

Senartec Leite irá atender 120 propriedades na região de Pontes e Lacerda por dois anos

Da Redação - Viviane Petroli

06 Ago 2015 - 14:29

Foto: Rafael Manzutti

Senartec Leite irá atender 120 propriedades na região de Pontes e Lacerda por dois anos
Produtores de leite de 120 propriedades na região de Pontes e Lacerda receberão assistência técnica por um período de dois anos por meio do SENARtec Leite. As atividades tiveram início nesta quarta-feira (05) e visam à melhora na qualidade e produção de leite em Mato Grosso.

No cenário nacional Mato Grosso é o oitavo maior produtor de leite. Em média 618 milhões de litros são produzidos por ano, 3% apenas da produção brasileira. Em 10 anos a produção de leite mato-grossense cresceu 154,29%. Sozinha a região Oeste é responsável por 264,9 milhões de litros/ano, ou seja, 43% da produção do estado.

Segundo levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), hoje, em Mato Grosso 84% das propriedades de leite encontram-se na agricultura familiar. A produção média é de 5,9 litros por dia e apenas 2,9% possuem assistência técnica, sendo que 2,6% recebem orientações de laticínios e 0,3% do setor público.

Leia mais:
Assistência técnica pode auxiliar para aumento da produção de leite em Mato Grosso
Senar lança programa para capacitar cadeia produtiva do leite

As atividades do SENARtec Leite, em Pontes e Lacerda, iniciaram nesta quarta-feira (05) durante a 23ª Expoleste. "O papel do Senar-MT sempre foi qualificar e capacitar os trabalhadores do campo e a partir de agora também passa a oferecer assistência técnica. Essa demanda é grande e antiga e, quem sofre mais são os pequenos e médios", destaca o presidente do Sistema Famato/Senar, Rui Prado.

O superintendente do Senar-MT, Tiago Mattosinho, explica que em um primeiro momento serão atendidas 120 propriedades na região de Pontes e Lacerda por um período de dois anos. O programa de assistência técnica contará com um supervisor técnico do Senar-MT e quatro técnicos de campo. "Cada um deles atenderá 10 propriedades, por semana, com uma visita de quatro horas. Já o supervisor fará a visita a cada dois meses", diz Mattosinho.

O SENARtec Leite irá capacitar os produtores rurais, transportadores e técnicos dos laticínios.

Conforme o presidente do Sindicato Rural de Pontes e Lacerda, Nilmar Miotto, a expectativa com o SENARtec Leite é de transformação na vida dos produtores de leite na região.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet