Olhar Conceito

Quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Notícias / Gastronomia

Sorvete de ninho trufado que custa R$160 o pote é produzido em Mirassol D'Oeste há 23 anos

Da Redação - Isabela Mercuri

10 Jan 2017 - 15:30

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Sorvete de ninho trufado

Sorvete de ninho trufado

Um sorvete de leite ninho trufado e recheado com ‘bolinhas’ de ninho que estouram na boca é a sensação da cidade de Mirassol D’Oeste (283km de Cuiabá). Criado pela doceira Célia Regina Paula de Farias, 55, o sorvete pode ser encontrado em Cuiabá no restaurante AKA, a R$5 a bola. Se quiser comprar um pote de dois litros, o preço vai para R$160.

Leia mais:

Aos 20 anos, estudante de administração assume restaurante japonês que abre 'de segunda a segunda'

Mas o que tem de especial nesse sorvete? Segundo Célia, é o cuidado. Ela já trabalha com doces a vinte e três anos, ecomeçou produzindo chocolates, depois doces, e finalmente os sorvetes artesanais. “Eu cheguei a abrir uma doceria aqui em Mirassol, mas não durou, infelizmente, porque a cidade não comportou. As pessoas queriam um produto de qualidade, mas sem pagar o preço por isso”, lamentou.

Apesar de ter tido que fechar a doceria em sua cidade natal, Célia não desistiu dos doces, e continua produzindo, sob encomenda, em sua casa. O AKA, hoje, é o único restaurante que faz questão de buscar o sorvete lá no interior para servir na capital.

A administradora do restaurante japonês, Larissa Gasques, explica a preferência: “Todo mundo gosta. Tem gente que vem aqui, só toma o sorvete e uma água e vai embora. É muito bom”.

Apesar da fama com o leite ninho, não é só este sabor que Célia produz. Ela também tem disponível o sorvete de iogurte grego com morango e o de ovomaltine com chocolate. “Antes eu tinha muitos sabores, eram vinte e um quando a doceria funcionava”, lembra. Segundo a doceira, sua ideia era voltar a produzi-los, mas para isso precisaria de mais empresas, como a AKA, interessadas em vender o sorvete artesanal.



“É tudo artesanal mesmo. No de leite ninho eu faço o sorvete com o leite, depois misturo com a trufa, a ganache, e coloco as bolinhas aos poucos. O de grego com morango eu faço a geleia da fruta, e por aí vai”, explica.

O segredo da receita ela não conta. Mas alerta: “Eu faço primeiro pra mim. Faço o sorvete da forma que eu gostaria de comer, e se ele me agradar, vai agradar aos clientes também”.

Quem quiser experimentar as delícias de dona Célia pode encomendar pelos telefones (65) 3241-2163 ou (65) 98132-5070 e buscar em Mirassol, como fazem muitos cuiabanos, por R$40 o quilo, ou ir até o restaurante AKA, na Avenida São Sebastião, 2340, Bairro Popular a partir da próxima sexta-feira (13/01).

*Atualizado às 17h de 10/01/2017


22 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Antonia Maria
    20 Fev 2017 às 21:20

    Adorei o seu blog, tenho uma pequena sorveteria na minha casa e estou buscando receitas de sorvetes bem cremosos se possivel passe as reitas para o meu email.por favor me ajude

  • Manoela
    11 Jan 2017 às 20:57

    Sou cliente Antiga desta mulheraravilhosa, com mãos abençoadas. Esse sorvete é maravilhoso comi várias vezes e não me canso de sempre estar degustado quando posso. Parabéns amiga guerreira. Abraço

  • Lislie Mazalli
    11 Jan 2017 às 16:36

    A Celia é espetacular em tudo que faz! Não tem ouro, tem amor e vale cada centavo!!! Beijos e muito sucesso Celia!!!!!

  • Emiliano M. Silva
    11 Jan 2017 às 14:25

    Todos os sorvetes e demais receitas preparadas pela D. Célia são da melhor qualidade. Fruto de muito carinho e cuidado na preparação. Recomendo!

  • Pop
    11 Jan 2017 às 14:22

    Incrível como as pessoas se acham dona da verdade, mas não conseguem se colocar no lugar do outro. Após ler os comentários, imagino que muito provavelmente houve uma correção na matéria, onde os preços foram corrigidos, mas o site não mostrou que aconteceu essa "atualização". Enfim... vamos experimentar o sorvete pra poder comentar algo que vale a pena!

  • Observador
    11 Jan 2017 às 14:21

    Pois é... A redação erra, eu observo, a redação corrige quietinha e eu sou chamado de burros pelos desatentos.... kkkkkkkkk

  • Curi
    11 Jan 2017 às 14:04

    Duas bolas é quanto mesmo?

  • ANDRE CINICO SILVA
    11 Jan 2017 às 13:53

    O REPORTER ERRA A MATERIA E COLOCA R5 O QUILO, O OBSERVADOR CORRIGE, O REPORTER ARRUMA A REPORTAGEM E NAO PUBLICA QUE ERROU A CORRECAO. AI O OBSERVADOR É CHAMADO DE BURRO, QUE NAO OBSERVA. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK EU ME DIVERTO COM ESSES REPORTERES................ E ESSES E-LEITORES. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Paula
    11 Jan 2017 às 09:09

    Tem ouro nesse sorvete

  • Geni F Cunha Leite
    10 Jan 2017 às 22:06

    Realmente muito especial os sorvetes da Célia , já experimentei vários sabores. Vale a pena pagar 5 reais a bola.

Sitevip Internet