Olhar Conceito

Terça-feira, 22 de agosto de 2017

Notícias / Religiosidade

Taques garante realização do 'Auto da Paixão 2018' durante culto ecumênico no Palácio Paiaguás

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Abr 2017 - 17:00

Foto: Secom / MT

Taques garante realização do 'Auto da Paixão 2018' durante culto ecumênico no Palácio Paiaguás
O espetáculo “Auto da Paixão de Cristo” de 2018 foi garantido pelo governador Pedro Taques na última segunda-feira (17), durante um culto ecumênico realizado no Palácio Paiaguás. Com a presença do arcebispo Milton Santos, o governador reafirmou o compromisso de realizar o evento.

Leia também:
Artesãos expõem itens da cultura e gastronomia regional em espetáculo Auto da Paixão de Cristo

O culto ecumênico vai ser realizado durante uma segunda-feira de cada mês, sempre das 12h30 às 13h, e pretende reunir líderes de diferentes segmentos cristãos. Desta vez participaram da celebração secretários de estado, servidores públicos e autoridades.

“Agradeço a participação do dom Milton na celebração deste culto e no apoio para o Auto da Paixão de Cristo, sem esse apoio e todos os envolvidos essa realização não seria possível. Agradecemos a arquidiocese de Cuiabá e renovamos a realização do Auto da Paixão em 2018”, destacou Taques.

O secretário de trabalho e assistência social, Max Russi, também esteve presente e afirmou que a próxima edição do Auto pretende continuar proporcionando acesso à cultura de forma gratuita para a população do estado. “Queremos valorizar a cultura religiosa e principalmente dar essa oportunidade ao público vulnerável - reeducandos, haitianos e adolescentes do sistema socioeducativo, por exemplo- que participam de oficinas de formação e aprendem um novo ofício e também atuam na peça”.

De acordo com a assessoria, 117 pessoas em situação de vulnerabilidade social participaram da montagem da peça. “O Auto da Paixão marca profundamente  a religiosidade de todos. Nós fomos convidados durante sete dias intensos de apresentação, além dos dias de preparação. Essa dinâmica nova (inclusão social), que teve ano passado, foi ainda mais forte esse ano. Um resgate da cidadania. Temos as pessoas do aterro sanitário, os reeducandos, que estão nos atendendo tão bem. Isso marca muito. São atores e atrizes que se preparam e todos tem um papel principal. É um grande mosaico. Agradecemos o Estado pela realização”, disse Dom Milton.

No total, participaram do espetáculo neste ano 346 atores. O Auto da Paixão foi composto por quinze cenas e tinha uma hora e meia de encenação. O evento empregou 900 pessoas, sendo 450 de forma direta e 450 de forma indireta.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet