Olhar Conceito

Terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Notícias / Coach Iracema Irigaray

Coach Iracema Irigaray sugere: Separar vida pessoal da vida profissional

Iracema Irigaray

19 Jun 2017 - 11:17

Coach Iracema Irigaray sugere: Separar vida pessoal da vida profissional
Separar o pessoal do profissional é possível? Sim. É fácil? Não. Saber estabelecer esse limite no cotidiano é um desafio imenso, o que vejo frequentemente são dores indo para debaixo do tapete ou compartilhadas onde e com quem não se importa e que irá usar isso contra você. Martin Seligman, um dos pais da psicologia positiva, coloca que explicamos tudo que nos acontece de três formas: permanência, abrangência e personalização. Aqui vou falar somente da abrangência.

Leia também:
Leia a coluna de Iracema Irigaray: O amor e o ambiente de trabalho

É a capacidade de localizar o problema, mas de forma consciente. Briguei em casa ou no trabalho, se pergunte: existe algo que eu possa fazer em relação a essa questão agora? Se a resposta for SIM, pare tudo e dê atenção. Se a resposta for NÃO, silencie e lide com ela depois. O péssimo hábito de espalhar  a ‘carniça’ por onde for, gritar para os quatro cantos que é ‘transparente’ tem custos altíssimos. Sabe quem vai querer estar próximo a você? A resposta que sempre escuto é, ninguém! Ledo engano.

Aqueles que adoram reclamar e que também estão agarrados em uma ‘carniça’ irão correr para o seu lado querendo logo contar o que aconteceu com ELES! Além de não ajudar muito, esse comportamento reforça a dor e a raiva na maioria das vezes, as soluções vem quando nos acalmamos, quando a emoção nos engole repetimos os mesmo pensamentos e ações, ou seja, nos distanciamos das soluções.

O que fazer? Pare alguns segundos, respire e se pergunte: como estou? Estou preparado para essa conversa, decisão, etc, na maioria das vezes estamos carregando um problema de um canto para outro sem perceber. É bem mais honesto com você e com o outro reconhecer que que não está bem. O próximo passo depois que percebemos que não estamos bem é buscar fazer algo para ficar bem afinal com já disse Einstein “Nenhum problema pode ser resolvido pelo mesmo grau de consciência que o gerou.”

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ANDRE CINICO SILVA
    20 Jun 2017 às 06:47

    ESSSES TEXTOS DE COACHING É SO UM BLA BLA BLA DISFARCADO, QUE PEGARAM E RESSUSCITARAM AQUELES LIVROS DE AUTO AJUDA DA DECADA DE 80 DO LAIR RIBEIRO........................... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK............. BOTARAM O TITULO EM INGLES PRA VALORIZAR. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Augusto
    19 Jun 2017 às 15:30

    Achei errado o ponto de vista do texto.. A vida profissional da pessoal não deve ser separada.. pois tudo faz parte de um projeto de vida.. o Certo seria então.. não se deve deixar que um problema pessoal atrapalhe o lado profissional.. e vice versa .. isso se aplica só em relação aos "Problemas" .. pois se você acredita na sua profissão ela é parte do seu pessoal também como projeto de vida..

  • Vanessa Leite
    19 Jun 2017 às 15:05

    Não importa o que fizeram com você. O que importa é o que você faz com aquilo que fizeram com você! Jean-Paul Sartre

Sitevip Internet