Olhar Conceito

Quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Notícias / Gastronomia

Nova casa de cervejas e pratos artesanais tem de rótulos importados a brigadeiro de cerveja e bacon

Da Redação - Isabela Mercuri

15 Jul 2017 - 09:45

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Charleston e Carlos, irmãos e sócios

Charleston e Carlos, irmãos e sócios

O amor pelas cervejas e comidas artesanais fez os irmãos Carlos e Charleston Sandhas, 37 e 34 anos, realizarem um sonho: há cerca de três meses, inauguraram um espaço totalmente voltado a esta cultura em Cuiabá, e desde então vem conquistando clientes com rótulos de microcervejarias de todo o Brasil, além das importadas e, é claro, as linguiças e hambúrgueres preparados totalmente por eles próprios.

Leia também:
Primeira cerveja artesanal produzida em Cuiabá, 'Louvada' lança três tipos e já estará nos bares segunda-feira

O projeto é antigo. Os irmãos e sócios começaram a planejar a ‘Cervejarium’ há cerca de nove anos. “Meu irmão é projetista e trabalhava na área. Antes disso, nós trabalhávamos com música, tivemos banda e tudo mais”, conta Carlos. “Tivemos a ideia e começamos a planejar, projetar, mas como eram recursos próprios demorou um pouco”.

Em casa os dois já produziam cervejas e pratos para consumo próprio. A tradição, no entanto, já estava na família bem antes disso, quando o pai deles trabalhou na distribuição da cerveja ‘Germânia’, durante a década de 90.

“Nosso ideia sempre foi fomentar essa cultura cervejeira. Queremos que o cliente venha aqui, conheça rótulos novos, beba, e no outro dia esteja disposto para correr, ir na academia, trabalhar. Enfim, produzir”, comenta Carlos.

Para isso, eles buscam sempre trazer as marcas de melhor qualidade para a casa. O recorde da Cervejarium, até agora, foi de 90 rótulos diferentes. Normalmente, a casa possui cerca de 65, e o cardápio é rotativo.
“Depende da disponibilidade das cervejarias para entregar, de qual estão produzindo”, explica o proprietário.
Para exemplificar, Carlos menciona a microcervejaria ‘OverHop’, que possui um sistema chamado ‘Cervejaria Cigana’. “Eles convidam cervejeiros premiados, e cada um faz um rótulo diferente. Então já saiu a ‘mistura clássica’, a ‘overlab’, e os diferentes tipos de ‘overhop’”.


Água, malte e lúpulo: ingredientes da cerveja (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Todas essas informações são passadas aos clientes. O cervejeiro conta que em dias mais calmos, leva até mesmo o malte, o lúpulo e a água na mesa, para explicar como é o processo para criar a bebida. “É muito mais do que ir a um bar, tomar uma cerveja qualquer só para ficar alegre. Quero que as pessoas conheçam coisas diferentes, saiam satisfeitas”, afirma. Segundo Carlos, a maioria de seus clientes não é de especialistas, e sim de curiosos e entusiastas.

“Tem uma cerveja aqui, por exemplo, que é produzida em Minas Gerais, a ‘Medieval’. Mas para chegar nela, os cervejeiros viajaram para a Bélgica para estudar como a bebida era feita pelos monges antigos. Ou seja, a pessoa pode vir até aqui e beber uma cerveja igual ao que os monges bebiam muitos anos atrás. Não é incrível?”. Outro exemplo deste tipo é a cerveja ‘3 Reis’, de uma cervejaria do Rio Grande do Sul, e que imita a bebida da época da nobreza.


Cervejas '3 Reis' e 'Medieval' se baseiam em receitas antigas (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Além das nacionais, a Cervejarium também possui rótulos internacionais. A mais ‘rara’ atualmente é a Delirium Tremens, produzida na Bélgica. “Trabalhamos com os rótulos internacionais clássicos, rótulos padrão, como chamamos. Mas o foco mesmo é na valorização do que é daqui”.

E pensando nesta valorização, a empresa possui também as cervejas feitas dentro de Mato Grosso: Louvada, Kessbier, Benedita e, mais recente, a Cuyabana. Os chopes vendidos também são dessas marcas, nas opções pilsen, Witbier, Weiss Bier, APA, IPA e a Stout Benedita. O próximo passo, agora, é começar a vender a cerveja ‘da casa’. “Nós fazemos atualmente só para consumo próprio, mas queremos também vender aqui”.

Além das cervejas


Linguiça 100% bovina maturada na cerveja preta (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Se na parte de cervejas ‘produzir para vender’ ainda é um sonho futuro, no cardápio de comidas isso é uma realidade desde o início. O ‘carro-chefe’ da casa são as linguiças artesanais, feitas com blend de carnes, sem químicos ou conservantes. Uma delas é maturada na cerveja preta, e a outra na cachaça. Os burgers também levam molho de cerveja com bacon (e também são feitos artesanalmente). Para a sobremesa, o chef David Melo, consultor da casa, criou uma novidade: brigadeiro de chocolate e cerveja empanado em farinha de bacon e amendoim.

O cardápio também traz opções de drinks (caipirinha, caipiroka e outros), e até mesmo cerveja especializada para cachorros. Às quartas, são exibidos jogos de futebol no telão, e em alguns dias da semana há música ao vivo.

“Queremos transformar o Cervejarium em um local de valorização dessa cultura mesmo. Por isso queremos fazer eventos com cervejeiros locais, aqueles que preparam na panela mesmo, para degustação, além de fazer cursos com sommeliers”, finaliza Carlos.



Serviço

Cervejarium
Avenida Brasília – Bairro Jardim das Américas
(65) 98112-2000
Informações: FAN PAGE

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Charles Sandhas
    04 Out 2017 às 16:59

    Gostaria de agradecer a equipe do olhar direto. Obrigado a todos de já compareceram e aqueles que ainda não foram, estão convidados. Sobre a cadeiras, na parte interna tem um longe com sofás bem confortáveis, garanto que passaram horas e horas degustando o melhor chopp com os petiscos artesanais. De quinta a sábado, um som ao vivo..

  • mauro cesar da silva
    26 Ago 2017 às 22:45

    O local muito dez , um dos melhores lugares para ir com a familia dentro de Cuiabá, estão de parabéns pessoal.......??

  • roberto
    21 Jul 2017 às 09:24

    Gilberto, vai aprender a escrever primeiro e depois fazer críticas. "a gente É simples e não: a gente SOMOS simples.

  • gilberto
    16 Jul 2017 às 08:28

    mais um bar com aquela cadeirinha de madeira desconfortavel. é pra gente tomar cerveja correndo e ir embora o mais rapido possivel? favor, a gente somos simples, mas nossas bundas querem conforto e maciez, nada de coisa dura ali. tambem to achando meio árido ali na frente, quem sabe umas plantas.

  • condeprata 1
    15 Jul 2017 às 20:58

    Meu bem vc me da água na boca.

  • Alcides Garcia Ortiz
    15 Jul 2017 às 15:32

    Fantástico local para degustar uma boa cerveja. A propósito vocês trabalham com cerveja sem álcool?

  • Marisol
    15 Jul 2017 às 13:42

    Já fui. Excelente opção pra noite cuiabana. Não percam.

  • Pedro
    15 Jul 2017 às 13:24

    Muito bom o local! Atendimento de primeira produtos de qualidade. Recomendo.

Redes Sociais

Sitevip Internet