Olhar Conceito

Sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Notícias / Comportamento

Crianças se desenvolvem mais na escola do que em casa, revela estudo da Oxford

Da Redação - Isabela Mercuri

03 Ago 2017 - 11:01

Foto: Reprodução / Ilustração

Educandário Jardim das Goiabeiras é opção em Cuiabá

Educandário Jardim das Goiabeiras é opção em Cuiabá

Crianças que vão para berçários, creches ou escolas com pouco tempo de vida tem resultados mais positivos e significativos no desenvolvimento emocional e da linguagem do que aquelas criadas por babás. É o que afirma um estudo recente, realizado pela Universidade de Oxford, do Reino Unido.

Leia também:
Yoga Solidário é realizado no Parque Mãe Bonifácia e auxiliará ações do grupo Humanizando

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão depois de acompanhar seis mil crianças, de dois a sete anos de idade. A psicopedagoga Ivete Ferreira, que também é diretora do Educandário Jardim das Goiabeiras, no entanto, afirma que há muito tempo já se sabe que a escola é um importante espaço de socialização. "A 'primeira infância', de zero aos seis anos, é um período riquíssimo para o desenvolvimento humano. Segundo a ciência, é nos primeiros anos de vida que a arquitetura do cérebro se forma, o que faz do trabalho educacional um grande aliado para ajudar a moldar e definir o futuro delas. Ficar somente dentro de casa acaba sendo muito limitado”.

A psicopedagoga é adepta da linha da ‘Pedagogia Afetiva’, a mesma aplicada no Educandário, e afirma que cada experiência da criança traz uma série de descobertas diárias, além de habilidades, conhecimento, sensibilidade, valores, capacidade de percepção e de relacionamento, entre outros.

"Em casa, normalmente, uma babá cuida das necessidades básicas – como alimentação, higiene e sono; brincam e interagem. Mas, ainda é pouco. Inclusive, como as famílias estão cada vez menores, é comum que a única forma que a criança tenha de se relacionar diariamente com outras crianças seja na escola. Ali, ela amplia a convivência social – o que ajuda na percepção de que existe o 'eu' e o 'outro', bem como propicia o contato e o respeito à diversidade desde cedo”. 

No Educancário, além da Pedagogia Afetiva, é utilizado o Sistema Maxi de Ensino. Voltado para crianças de 4 meses a 5 anos de idade, ele possui berçário completo; salas climatizadas; kid play; mini-parque aquático; campinho de futebol; pista de educação de trânsito; casa de boneca; refeitório; sala multifuncional (para balé, argila, artes e música); sala para filmes/descanso e fazendinha (criação de pequenos animais, horta sustentável, educação ambiental e parque de areia).

Ivete completa que, para saber como seu filho está se relacionando e reagindo ao ambiente escolar, basta observar suas reações e sinais, mesmo que ele ainda não fale. "Uma criança emocionalmente saudável, brinca. Aliás, experiências positivas aumentam a autoestima, a flexibilidade cognitiva, a atenção, a memória e a concentração – facilitando a resolução inovadora e criativa de problemas, além de aumentar a capacidade de organizar ideias. Aliás, podemos chamar de qualidade de vida, quando o desenvolvimento psíquico e o desenvolvimento físico, compatíveis à idade, entram em equilíbrio", ressalta.

Serviço

Mais informações pelo telefone (65) 9 9976-9516. O Educandário Jardim das Goiabeiras está localizado na rua Coronel Barros, 288, bairro Goiabeiras, em Cuiabá.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet