Olhar Conceito

Quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Notícias / Saúde e Beleza

Mestre em fisiologia dá dicas de como manter a rotina de treinos mesmo com seca e calor

Da Redação - Isabela Mercuri

12 Set 2017 - 14:25

Mestre em fisiologia dá dicas de como manter a rotina de treinos mesmo com seca e calor
Apesar da chuva tímida que caiu na última segunda-feira (11), o tempo em Cuiabá segue quente, seco e esfumaçado. Para além das dicas de como evitar doenças respiratórias, publicadas pelo Olhar Conceito AQUI, é preciso, também, prestar atenção à sua rotina de exercícios físicos.

Leia também:
Gêmeos de 6 anos treinam musculação na AFC; personal garante que não atrapalha crescimento; Veja fotos e vídeo!

Parar não é uma opção. Segundo o treinador e mestre em fisiologia Gil Melo, proprietário da Academia AFC, “o treinamento é obrigação, é igual escovar os dentes”. Mas é preciso tomar alguns cuidados. Dentre eles, por exemplo, diminuir o tempo da atividade.

“Para a saúde, o inicial pra quem faz atividade tem que ser em torno de 25% de umidade. E nós estamos pra baixo de 20. Pra não cair a rotina de treinamento, nós diminuímos o tempo do exercício. Mas quanto mais curto, também continua mais intenso”, garante.

Gil Melo (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Gil ainda explica que é necessário fazer uma ‘hiper-hidratação’ para evitar que o corpo fique sem água. “Se você toma [geralmente] 1,5 litros de água, [deve] passar a tomar mais de três litros, que isso automaticamente ajuda a deixar o corpo hidratado”.

Outra dica é procurar um espaço (como academia) que tenha umidificador de ar e ar condicionado para tentar amenizar a secura. Para quem faz exercícios ao ar livre, é melhor “fazer um cronograma de tratamento dentro e fora da academia, para mesclar e continuar com seu desempenho nas suas atividades”.

Sobre os melhores horários, o treinador garante que no início da manhã ou após o sol se pôr o desempenho será melhor. “Como eu disse, é importante que o treino seja reduzido, então se for pra fazer uma atividade de longa duração, procurar um horário melhor, como de madrugada, pra correr do sol, ou ate mesmo evitar”.

Por fim, Gil dá uma dica para quem tem menos ânimo de treinar no calor: “Primeiramente, nós temos que ter motivação para ter uma boa alimentação. O treinamento é obrigação, igual escovar os dentes. [É preciso] não deixar de fazer atividades, porém procurar horários diferenciados e com pequena duração de treinamento”.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet