Olhar Conceito

Terça-feira, 13 de novembro de 2018

Notícias / Diversão e Lazer

Getúlio revive roda de samba do Chorinho nesta sexta-feira

Da Redação - Isabela Mercuri

12 Jan 2018 - 11:00

Foto: Marcos Lopes / Uno Imagens

Marinho 7 Cordas

Marinho 7 Cordas

Um ano e meio após fechar as portas de seu estabelecimento, o ‘Chorinho Choros e Serestas’, Antônio Marinho de Souza Fortaleza, mais conhecido como ‘Marinho 7 Cordas’, não deixou o samba morrer. A partir desta sexta-feira (12), os saudosos da capital poderão ouvir e dançar semanalmente o verdadeiro ‘samba’ no piso superior do restaurante Getúlio. A festa deve acontecer todos os finais de semana.

Leia também:
Com quase 25 anos de existência, Chorinho fecha as portas: "A crise nos engoliu"

Segundo Marinho, apesar de o ‘Chorinho’ ter parado de funcionar em agosto de 2016, o grupo que começou as rodas de samba, há mais de trinta anos, continuou se reunindo aos sábados no restaurante Trigória, no bairro Jardim das Américas.

“A turma que faz o samba de sábado nasceu daquela reunião, há mais de trinta anos”, conta. “Só que lá no Trigória é uma roda de samba livre, entre amigos. Toca quem quiser, canta quem quiser, todo sábado, das 16h às 22h”.

No Getúlio, por outro lado, o grupo fará um show, no palco mesmo. Marinho foi convidado pelo proprietário do restaurante para fazer as apresentações, pois o espaço estava livre às sextas. Segundo o sambista, a festa começa às 21h, e não tem hora para acabar. “Se o pessoal estiver animado, vai até 2h, 3h da manhã”, garante.

Chorinho

O bar ‘Choros & Serestas’ abriu as portas em 1992, em Cuiabá, no Jardim Tropical. Ali, permaneceu por vinte anos, até que teve que se mudar para a Rua Estevão de Mendonça (perto do Choppão). Quatro anos depois da mudança, a ‘crise’ causou o fechamento do local.

O dono do ‘Chorinho’, como era conhecido, é cearense, e se destacou nas rodas de samba de Cuiabá por ser um especialista na arte do violão sete cordas. Nos tempos áureos, seu estabelecimento ficava lotado todas as quintas-feiras, com filas de clientes querendo entrar.

Durante os quase 24 anos que permaneceu aberto, o Chorinho recebeu diversos artistas de renome nacional, como Monarco, Elton Medeiros, Délcio Carvalho, José Renato e Nélson Sargento.

No show desta sexta-feira (12), a entrada custa R$15. Não é preciso comprar os convites com antecedência.

Serviço

Chorinho - Choros e Serestas – no Getúlio
Local: Getúlio (Av. Getúlio Vargas, 1147)
Horário: 21h
Entrada: R$15

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet