Olhar Conceito

Terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Notícias / Artes Cênicas

Com texto de Mahon, Ivan Belém apresenta monólogo em homenagem a seus 40 anos de teatro

Da Redação - Isabela Mercuri

11 Out 2018 - 14:41

Foto: Divulgação

Ivan Belém em 'progresso'

Ivan Belém em 'progresso'

Um espetáculo escrito pelo advogado Eduardo Mahon, em homenagem aos 40 anos de teatro de Ivan Belém, é apresentado na próxima terça (16) e quarta-feira (17) no Sesc Arsenal. ‘Progresso’ tem entrada solidária (1 litro de leite ou R$5) e é dirigido pelo cineasta Luiz Marchetti.

Leia também:
Espetáculo do “Cena Livre de Teatro” ganha primeira temporada fora da UFMT
 
De acordo com a assessoria, a ideia de Mahon de criar o monólogo surgiu em 2017, exatamente para comemorar os 40 anos de teatro de Ivan Belém, um dos fundadores do grupo de teatro Gambiarra, que foi dupla de Liu Arruda. “Um monólogo que proporciona reflexões sobre o homem, a cidade e o tempo, todos vivendo transformações simultâneas da cultura local e nacional”, explica a sinopse.
 
Para a escritora Cristina Campos, Mahon é “um escritor de inteligência rara e arguta. Surpreende-nos com um leque de publicações nas quais se aventura por gêneros distintos. Destacam-se a exploração criativa do insólito, do humor bizarro e da ironia fina e aguda pelos quais expõe as mazelas humanas. Agora, o autor estreia sua faceta dramatúrgica brindando-nos com um monólogo sobre a decadência de uma cidade provinciana através de um cidadão moribundo. Qualquer semelhança com pessoas ou situações retratadas não será mera coincidência... Dá-lhe chá de boldo!”.
 
Sobre a direção geral e de vídeo de Luiz Marchetti, a professora de filosofia Valderez Amaral versa: “Progresso me parece um trem fantasma desgovernado num Parque de diversões chamado Cuiabá. Você e suas lembranças em flashes, num trilho/trailer de terror com pausas pro próximo susto. Ali você pode e vai... até rir. Neste palco do Casarão cuiabano a quarta parede é virada ao avesso, dali no cinema das memórias, com palavrões e preconceitos projetados, seu inconsciente passa a limpo em alta velocidade. Você com um remédio atrás do outro, você na janela, você sozinho, a cadeira de balanço sem você. O cinema de Luiz Marchetti solicita do espectador uma pedagogia do olhar".
 
Nascido às margens do Rio Cuiabá, em Barão de Melgaço, o homenageado Ivan Belém se mudou para a capital ainda recém-nascido. Sua relação com o teatro começou na infância, com os vizinhos, e na adolescência passou a integrar o grupo de teatro do Sesi. Mais tarde, fundou o ‘Gambiarra’, que em sua primeira formação era dedicado ao teatro infantil. Tempos depois, a companhia passou a ter orientação mais política, e se transformou no primeiro grupo de teatro de rua de Mato Grosso.
 
Belém foi, também, dupla de Liu Arruda por dez anos. Com ele, nos bares e quintais, apresentava Nhara e Creonice. Em 1999, após a morte do amigo, Ivan voltou a ser pesquisador. Graduado em História, fez mestrado e doutorado em Educação, e publicou os livros “A Baía de Tchá Mariana: Mitopoéticas Africana e Pantaneira nos círculos de aprendizagens ambientais” e “Liu Arruda: a Travessia de um Bufão”. Paralelamente deu continuidade ao Grupo Gambiarra, agora com sua terceira formação, encenando peças de autores mato-grossenses.  Além do teatro, atua também em circo, vídeo, rádio, TV e cinema.
 
“Em hebraico a palavra Belém significa Casa do Pão. Nome mais do que apropriado a quem, durante quarenta anos, vem fabricando o pão da arte, esse alimento do espírito tão indispensável à vida.  E com muito humor debochado e crítico nos faz rir e pensar. O que não é pouco. Emoção e razão bem casados fazem dessa longa trajetória uma contribuição ímpar  ao teatro mato-grossense. Ivan, receba nossos aplausos. De pé”, elogia a  teatróloga e cineasta Glorinha Albues.

Equipe de 'Progresso' (Foto: Divulgação)
 
Serviço

Progresso
Teatro do SESC Arsenal
Data: Terça (16) e quarta (17); as 20h
Público-Geral: 01 litro leite ou R$ 5,00
Meia-entrada: R$ 2,50
Comerciário e dependentes: Gratuito
Início de entrega dos ingressos as 19h
Classificação indicativa: 16 Anos
Sesc Arsenal: (65) 3616 0550 e 3616 6909

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • xunda
    11 Out 2018 às 15:32

    Ivan Belém é um cara tão bacana, o que ele fez de errado pra merecer um texto do mahuim ?

Redes Sociais

Sitevip Internet