Olhar Conceito

Terça-feira, 20 de novembro de 2018

Notícias / Saúde e Beleza

Disponível em Cuiabá, massagem tântrica potencializa sensações de prazer e distribuição energética

Da Redação - Isabela Mercuri

29 Jul 2015 - 14:18

Foto: Reprodução/Internet

Disponível em Cuiabá, massagem tântrica potencializa sensações de prazer e distribuição energética
Descobrir o potencial energético e sensorial do próprio corpo e experimentar novas sensações de prazer a partir do desbloqueio da mente são os objetivos da ‘massagem tântrica’. Muito se fala sobre, mas pouco se sabe, já que há apenas um mês Mato Grosso recebeu seu primeiro terapeuta credenciado, Thiago Coradini.

Leia mais:
Palestra gratuita discute o poder do corpo e as técnicas terapêuticas de 'body talk'
Maior evento de beleza do Centro Oeste traz programação para setor de estética

Formado e atuante na área de publicidade, há dois anos Thiago saiu em busca de auto-conhecimento. Neste ano, após muito estudo e muitas experiências, adotou a filosofia tântrica e busca passá-la para os pacientes. Sua massagem promete curar depressão, stress, ejaculação precoce, falta de libido, falta de orgasmo, impotência sexual, dor no sexo e diversas outras disfunções.



“Nós não vendemos orgasmo, não é isso. O tantra é uma filosofia não repressora, matriarcal, que cultua o respeito mútuo. Não tem a ver com sexo, mas sim com a sexualidade”, afirma Thiago. Em seu consultório em Cuiabá, ele oferece quatro tipos de massagens, que devem ser feitas gradualmente de acordo com a aceitação do corpo do paciente.

Sensitive Massagem

É o primeiro nível. Pode ser feito tanto em homens quanto em mulheres e não envolve o órgão sexual. O paciente fica deitado, nu, fecha os olhos enquanto ouve uma música relaxante. O terapeuta, então, começa a fazer a massagem em todos os pontos do corpo do paciente, para mostrar que o corpo todo – e não só os genitais – tem capacidade energética.

Êxtase Total Massagem


Esta massagem associa o prazer dos genitais ao restante do corpo. O paciente começa recebendo a massagem sensitive, até chegar ao genital.

Yoni (para mulheres) ou Lingam (para homens) massagem

Massagem específica do genital. Segundo Thiago, é impossível negar que eles são os órgãos que proporcionam maior prazer e que acumulam mais energia sexual, por isso merecem atenção: “Muita dessa energia é dispersa no sexo convencional. O orgasmo normalmente dura alguns segundos apenas, e a partir da massagem tântrica o paciente aprende que seu corpo pode lhe proporcionar orgasmos mais demorados, até de minutos, e com muito mais qualidade”, explica o terapeuta.

G-Spot (para mulheres) ou P-Spot (para homens)

É a massagem mais ‘invasiva’, e deve ser feita num estágio em que a pessoa está preparada tanto psicologicamente quanto corporalmente para tanta intimidade. O ‘ponto G’, nas mulheres, é massageado até que uma glândula que proporciona o maior prazer é atingida:

“Neste estágio a mulher pode ejacular. Existe muito misticismo sobre a ejaculação feminina, muitos dizem que ela não existe. Nós buscamos desmitificar isso, e mostrar que a mulher ejacula sim! Isso só não acontece na maior parte das relações porque existe um bloqueio da sexualidade dela”, explica Thiago. “Muitas vezes a mulher sente vontade de fazer xixi e pede para parar, acha que não vai conseguir. Mas não é vontade de fazer xixi, é vontade de ejacular, porque passa pelo mesmo canal”.

Já para os homens, a massagem é feita na próstata, local que também acumula muita energia: “A próstata ainda é um tabu entre os homens. É um ponto que não pode ser tocado, muita gente morre porque não quer fazer o exame e verificar se está com câncer. É preciso também acabar com esse tabu, pois é um dos pontos que pode dar mais prazer ao homem”, complementa o terapeuta.

O tempo que se leva da primeira massagem até a última é relativo: “Cada organismo reage de um jeito. Tem pessoas que chegam aqui com bloqueios religiosos, que sofreram abuso, problemas psicológicos, e cada pessoa tem seu tempo para conseguir superar”, afirma Thiago. Cada sessão leva uma hora e trinta minutos, mas ele recomenda que se separe duas horas, pois antes da massagem acontece uma conversa:

“Muita gente chega aqui achando que é coisa que não é. Achando que é ‘oba-oba’, massagem sensual, confundem com sexo em si, tem uma concepção deturpada da coisa. Essa conversa serve para eu explicar para o paciente o que é o tantra em si, uma meditação dinâmica de Osho, nascida há mais de cinco mil anos no ocidente”, explica.

Resultados

Thiago afirma que depois de começar o tratamento com massagem tântrica, mesmo que não se faça nada para mudar o sexo convencional, o paciente começa a perceber mudanças no dia-a-dia. “O paciente passa a entender melhor seu corpo, descobre coisas que ele podia fazer que não faz ideia. Ele sabe que o corpo está desenvolvido a ponto de ter um orgasmo no cotovelo, na orelha”.

Além das massagens tântricas, Thiago oferece curso de massagem para casais (com duração de quatro horas no total) e também cursos individuais (neste caso, contrata-se um modelo para as aulas). Atualmente o terapeuta atende no Yoga & Cia, na Rua Amâncio Pedroso de Jesus Neto, 06, Jardim Petrópolis. Para mais informações, acesse a FAN PAGE ou ligue (65) 8125-8417 / (65) 9221-6674.

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jocely
    19 Jul 2018 às 18:19

    Gostaria de saber como funciona... se atende casal

  • marilin Padilha
    12 Jul 2017 às 18:10

    Gostaria de fazer essa massagem.,?? Meu whatszapp.. 41 987546657

  • Marilin Padilha
    12 Jul 2017 às 18:09

    Tem em Curitiba..??? Gostaria de fazer essa massagem.. Qual o valor...??? Também gostaria de fazer o curso...

  • Heronildes loureiro trindade
    05 Jul 2017 às 23:24

    Gostaria de fazer o curso, como faço pra ter mais informação?

  • Anderson
    07 Abr 2017 às 00:03

    Já fiz massagem várias vzs....inclusive a tantrica ,,e com homem... e não vi nada de depravação...só algo interessante e novo.

  • Andre
    22 Jan 2017 às 06:48

    São uns comentários tão provincianos. Kkk só rindo.

  • Observador
    18 Dez 2015 às 13:48

    Os serviços são disponibilizados, ninguém é obrigado a fazer. Criticar é fácil.

  • Advogado
    30 Jul 2015 às 12:11

    Ridículo. É só mais uma desculpa esfarrapada para proliferar a depravação.

  • joedir nunes
    29 Jul 2015 às 18:23

    👍👏👏👏

  • joedir nunes
    29 Jul 2015 às 18:23

    👍👏👏👏

Redes Sociais

Sitevip Internet