Olhar Conceito

Quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Notícias / Música

Mato-grossense que saiu de casa por preconceito faz sucesso na web com hit que narra romance gay

Da Redação - Isabela Mercuri

13 Mai 2015 - 13:53

Foto: Reprodução/Da Assessoria

Mato-grossense que saiu de casa por preconceito faz sucesso na web com hit que narra romance gay
Nader nasceu em Alta Floresta, mas aos seis anos de idade mudou-se para Cuiabá, quando seus pais se separaram. Há nove anos longe do estado natal, ele hoje faz sucesso com hit que narra um romance gay, temática que muito tem a ver com sua vida, já que foi pela não-aceitação de sua orientação sexual que ele teve que sair de casa.

Leia mais:
Reginaldo Lincoln, baixista e vocalista do Vanguart, apresenta seu trabalho solo para Cuiabá nessa sexta
Em uma semana, dupla mato-grossense conquista mais de 150 mil acessos em clipe de história de amor

A música “Quem Disse” é um samba que já alcançou mais de 67 mil acessos no Youtube. Só na primeira semana, foram 42 mil. “Me assustei com a repercussão do meu último clipe. Depois de anos afastado por problemas de saúde, voltei a gravar uma música e lancei um clipe. De um dia para o outro, acordei e estava bombando. Todos têm me tratado com muito carinho, e a aceitação tem sido grande”, contou Nader, que ficou afastado por causa de um câncer no intestino, em entrevista ao Olhar Conceito.

Neste clipe, o cantor contracena com um moreno que conhece na praia, e o clipe termina com os dois na cama. Morando em Curitiba, Nader afirma que um dos motivos pelo qual não voltaria a Mato Grosso é o preconceito: “Ainda existe muito preconceito e discriminação contra as populações LGBT no Mato Grosso. Principalmente nas cidades do interior.
Além disso, vivo há muitos anos em Curitiba, onde me encontrei”, afirma.

Sua carreira, no entanto, começou na capital mato-grossense, com o artista se apresentando em programas infantis de TV, recitais e apresentações pela cidade. Ele chegou a cantar MPB, Pop Rock e outros estilos musicais, e atualmente compõe as letras e melodias de suas músicas, que quase sempre falam de amor: “Sempre gostei de falar de amor. Sou muito romântico, então não é tão difícil falar de amor”, explica.

‘Quem disse’ faz parte da nova fase da carreira do mato-grossense, que pintou os cabelos de ruivo para ficar mais despojado: "Pintar o cabelo de ruivo foi para a concepção do material. Ficou bastante divertido, tive muito assédio após o ruivo. Muitos comentam da cor dos meus olhos também e do fato de eu ser 'branquelo'", conta ele, que confessou: "Eu não gosto de sol, até me senti um estranho nas cenas de praia."

Assista ao clipe:




11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Joao
    15 Mai 2015 às 08:14

    Conheço a mãe do Nader é uma mulher de oração , uma mulher Cristã que ora muito para o seu filho voltar aos caminhos do Senhor , e uma coisa eu fiquei intrigado aqui , A mãe dele eu pelo Menos nunca vi ela maltratar o Nader ou julgar por ele ser gay ou não , mais Nader cresceu em uma Escola Evangélica , congregou em Igreja Evangélica , e nunca vi ninguém discriminar Ele por ele ser gay , nunca vi pessoas ser preconceituosas com Ele . a Mãe do Nader é uma Mulher que ama o filho muito . e Na minha opinião o Nader vai voltar aos caminhos do Senhor , porque diz na Palavra de Deus ,Eduque o seu filho no caminho que se deve andar que lá na frente ele não se desviará , Nader lanço Palavra de Bênção na sua vida , e ainda você vai Cantar dentro de uma Igreja com Muita unção de Deus .. Pois Jesus está voltando e quer salvar a todos

  • Aline
    14 Mai 2015 às 16:47

    É pavoroso as pessoas declararem o preconceito ainda contra negros, pobres, lgbts ... Vivemos numa sociedade democrática e todos tem direitos iguais. RACISMO é crime, HOMOFOBIA também. Quanto as criticas a música, isso, claro é direito de todos, pois não fere direito e honra de ninguém. Agora pra quem falou que "Deus esta chorando" acredito que o maior legado Dele é o amor! Amais uns aos outros como a ti mesmo, e tenho certeza que Deus condenaria o preconceito!

  • Henrique
    14 Mai 2015 às 13:52

    Bela música, algo diferente do tradicional... lembre-se que já tivemos, e ainda temos, preconceito com a música afro, não seria diferente com algo GLBT. Enfim, é arte, o que seria da arte sem as críticas? Está de Parabéns, muito sucesso! Assim como todos os humanos você também é criatura de Deus!

  • Malcon Marcos
    14 Mai 2015 às 11:12

    Isso sucesso??? C se for pro povinho da laia dele.

  • GOIANO
    14 Mai 2015 às 10:55

    FALAR O QUE VIU, HOJE POSTE MIJA EM CACHORRO! MÁS COMO EU QUERIA QUE VOLTASSE PARA O PODER OS MILITARES, MUITAS COISAS QUE ESTAMOS OBRIGADOS A OUVIR A ASSISTIR NÃO TERIAM. SEM CONTAR A FALTA DE SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PÚBLICA. ESSE É MEU DESABAFO SOBRE ESTE VÍDEO!!

  • CARLA
    13 Mai 2015 às 18:36

    QUE PENA! ERA UM MENINO TÃO LINDO COM UMA VOZ PRIVILEGIADA PARA LOUVAR A DEUS. QUE PENA! O CRISTO ESTÁ CHORANDO POR ELE.

  • Angelo
    13 Mai 2015 às 16:18

    Música ruim é música ruim, não importa se é homossexual ou heterossexual ... e esse é o caso ...

  • Arigó
    13 Mai 2015 às 16:11

    Nunca ouvi falar...Pode continuar em Curitiba, não fazemos questão!

  • cesar dias
    13 Mai 2015 às 15:47

    Tem tanta coisa pra divulgar no site olhar direto....Esse tipo de matéria diminui o nível do site.

  • Junior
    13 Mai 2015 às 15:34

    Belíssimo samba. Que ele tenha o maior sucesso!!! Um tapa na cara de toda e qualquer família homofóbica!!! Os bons sobreviverão sempre!!!!!!!!

Redes Sociais

Sitevip Internet