Olhar Conceito

Quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Notícias / Política Cultural

Palácio Paiaguás e mural "Bovinocultura" são tombados como Patrimônio Histórico de Mato Grosso

Da Redação - Stéfanie Medeiros

09 Out 2014 - 09:00

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Palácio Paiaguás e mural
Com o objetivo de preservar a cultura e história de Mato Grosso, o Palácio Paiaguás, bem como seu mural externo, chamado “Bovinocultura”, do artista plástico Humberto Espíndola, foram tomados como Patrimônio Histórico de Mato Grosso. De acordo com a portaria da Secretaria de Estado de Cultura, publicada no Diário Oficial, ambos os bens passarão as ser tutelados pela proteção especial do poder público.

Leia mais: Exposição "Vítreo como espelho da alma" mescla tradições com universo high-tech

Segundo a Secretaria de Estado de Comunicação, Humberto Espíndola, 71 anos, apresentou o tema Bovinocultura em 1967, no Salão de Arte Moderna do Distrito Federal, em Brasília. Em 1973 desembarcou em Cuiabá e participou do projeto e criação do Museu de Arte e Cultura Popular, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que dirigiu até o início da década seguinte. Ele também colaborou com o Museu Rondon, da Universidade Federal de Mato Grosso, e deu início à criação do mural externo.

O artista disse que se sente “honrado com esse reconhecimento por um trabalho que se tornou emblemático” em Mato Grosso. Ele cita um detalhe da obra, uma seta que se encontra no painel frontal do prédio e que aponta para a Amazônia. “Naquele momento já se falava na divisão do Estado e Cuiabá, que estava no norte, muda e passa ser sul voltando o seu olhar para a Amazônia. Hoje Mato Grosso é o maior produtor de gado do país”.

A crítica de arte, Aline Figueiredo, não mede palavras para exaltar essa obra que, segundo ela, não envelhece. "Ao contrário, se renova com o passar dos anos”. Esse renovar, segundo ela, se percebe a cada nova leitura que se faz do painel. "Esse renovar mostra a importância e a verdade de uma obra de arte", diz. Ela lembra ainda que quando o painel foi feito, Mato Grosso era um único estado e cabia à região Sul, hoje Mato Grosso do Sul, a maior produção de carne bovina. “Veja como a arte é antenada. Hoje cabe a Mato Grosso o destaque na agropecuária”.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Douglas
    09 Out 2014 às 11:18

    O painel até que é bonito, mais o prédio em si é horrivel.

Redes Sociais

Sitevip Internet