Olhar Concursos

Quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Notícias / Concursos

Processo seletivo para contratação de estagiários do TJ terá prova em outubro

Da Redação - Fabiana Mendes

04 Set 2017 - 16:38

Foto: Reprodução

Processo seletivo para contratação de estagiários do TJ terá prova em outubro
O juiz diretor do Foro da Comarca de Várzea Grande (5 km ao norte de Cuiabá), Jones Gattass Dias, tornou pública a abertura do IV Processo Seletivo para Estágio Curricular Remunerado para Nível Superior em Direito. As inscrições só puderam ser feitas pela internet e se encerraram no dia 25 de agosto. A prova será realizada em outubro.

Os estagiários farão jus à bolsa-auxílio no valor de R$ 920,84 e auxílio-transporte no valor de R$ 158,40. Além disso, todos os estagiários terão cobertura de seguro de acidentes pessoais na vigência do Termo de Compromisso de Estágio. No estágio será observado o cumprimento de 30 horas semanais, distribuídas em seis horas diárias.

Leia Mais:
Guarantã no Norte abre processo seletivo para contratação de agentes de saúde; salário de R$ 1,2 mil


O seletivo visa à formação de cadastro reserva para estudantes de Direito para atuar nas unidades judiciais e/ou administrativas da Comarca.

Conforme o Edital nº 1/2017/RH-VG, o processo seletivo terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. Participam alunos que frequentam o ensino regular em instituições públicas ou privadas de educação superior, reconhecidas pelo Ministério da Educação, e que estão, no mínimo, no terceiro semestre do curso de Direito. Na data da contratação deve ter a idade mínima de 16 anos completos.

A seleção será realizada em etapa única, consistente em uma prova objetiva. A prova será aplicada a todos os candidatos na data provável de 8 de outubro de 2017, das 9h às 12h. A confirmação da data e as informações sobre os locais de prova serão divulgados oportunamente, por ocasião do encerramento das inscrições, no Diário da Justiça Eletrônico.

Confira o edital aqui.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet