Notícias / Concursos

27/06/2017 - 15:00

Governo retifica edital para concurso de delegado com salário acima de R$ 19 mil

Da Redação - Wesley Santiago

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Governo retifica edital para concurso de delegado com salário acima de R$ 19 mil
O Governo do Estado publicou, no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso, que circula nesta terça-feira (27), a retificação de subitens do Edital do Concurso Público para Formação de Cadastro de Reserva no cargo de Delegado de Polícia substituto da Polícia Judiciária Civil (Edital nº 01, de 16 de março de 2017). O salário inicial é de R$ 19.316,49 com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Leia mais:
Com salário superior a R$ 19 mil, edital de concurso de delegado em MT é publicado

A alteração é referente aos subitens 11.2.1 e 11.2.2, que versam sobre os requisitos psicológicos necessários ao cargo que nortearão a avaliação psicológica, ao limite mínimo e máximo de idade, bem como reabertura das inscrições, datas prováveis de provas, cronograma das fases, entre outros.

As novas inscrições para o concurso serão abertas no período de 06 a 20 de julho, através do endereço eletrônico: www.cespe.unb.br

Já as provas escritas objetivas serão aplicadas na data provável de 08 de outubro de 2017, período matutino, e a prova escrita dissertativa no mesmo dia, no período da tarde. A íntegra do Edital de Retificação pode ser acessada AQUI.

O concurso será realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e pela Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), assegurada a participação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A taxa de inscrição é de R$ 180.

Hoje, Mato Grosso tem um total de 234 delegados na ativa, sendo que são necessários em torno de 400 para atender todo o Estado.

O delegado geral da Polícia Civil, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, destaca que o concurso é importante para suprir o quadro deficitário de delegados. “Temos cerca de 50 cidades sem delegado e vários delegados da ativa aptos a se aposentarem. Então, esse concurso é uma necessidade urgente, pois precisamos desses profissionais no quadro de servidores da Polícia Civil".

O concurso terá seis fases: 1ª fase - provas escritas objetivas e dissertativas, ambas de caráter eliminatório e classificatório; 2ª fase - prova oral, de caráter eliminatório e classificatório, e avaliação de títulos, de caráter classificatório; 3ª fase - exames de saúde, de caráter eliminatório; 4ª fase - teste de aptidão física, eliminatória; 5ª fase - avaliação psicológica, eliminatória; 6ª fase- investigação social, eliminatória.

Conforme o edital, é necessário que o candidato tenha diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O cargo tem como atribuições dirigir, coordenar, supervisionar, fiscalizar e controlar as atividades administrativas, logísticas e operacionais da unidade de sua direção; cumprir as funções institucionais de Polícia Judiciária Civil; instaurar e presidir inquéritos policiais, termos circunstanciados e outros procedimentos policiais, administrativos e disciplinares; planejar, dirigir e coordenar, com base na estatística policial, as operações no combate efetivo à criminalidade, na área de sua competência; entre outros deveres e atribuições do cargo.

Nenhum comentário

comentar
Sitevip Internet