Olhar Jurídico

Sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Notícias / Geral

Por falta de estrutura, médicos e psicólogos deixam de atender em unidade do Detran

Da Redação - André Garcia Santana

03 Jul 2017 - 16:50

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Por falta de estrutura, médicos e psicólogos deixam de atender em unidade do Detran
Médicos e psicólogos credenciados ao Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-MT) deixaram de atender na sede da autarquia e na unidade do Ganha Tempo em Várzea Grande nesta segunda-feira (3). A decisão foi motivada pelo aumento no número de profissionais interessados e pela limitação do espaço físico disponível, o que tornaria, segundo órgão, impossível a alocação adequada de todos os prestadores de serviço nas unidades.

Leia mais:
Procon-MT admite 'vista grossa' à preços superiores para homens em eventos e anuncia fiscalização

A autarquia recebeu, em 23 de janeiro de 2017, a determinação do Juízo da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular da Comarca de Cuiabá, com a Ação Civil Pública nº. 41348-33.2016.811.0041 – Código 1173072, ajuizada pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, para conceder a antecipação de tutela da promoção da abertura do credenciamento de todos os médicos e psicólogos que atendam às exigências previstas na Resolução nº 425/2012-CONTRAN, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 10 mil em caso de descumprimento.

Deste moto, a decisão de remoção dos credenciados pela autarquia justifica-se em razão da inviabilidade de realizar procedimento licitatório com vistas à adequada seleção de todos os profissionais interessados na modalidade de credenciamento, definida pelo art. 148 do Código de Trânsito Brasileiro e Resolução CONTRAN n°. 425/2012.Foi reforçado ainda que o Detran considerou os princípios da isonomia e impessoalidade.

Em nota o órgão informou que os serviços, como exames de aptidão física e mental e avaliação psicológica passarão a ser realizados nos consultórios médicos e psicológicos pertencentes aos profissionais peritos examinadores credenciados pelo DETRAN-MT. Os endereços dos profissionais credenciados estarão disponíveis no site do Detran, no link credenciados.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • carlos eilert
    04 Jul 2017 às 05:37

    um absurdo a forma como o DETRAN fez, agora vai doer no bolso cada vez mais do cidadão.

  • José Carlos
    03 Jul 2017 às 19:38

    Mais que justo, esses profissionais ganham muito bem para custear consultórios e além disso tem psicóloga precisando de psiquiatra nesse meio aí! Tá na hora de uma reciclagem Desses profissionais e se possível uma reavaliação pq tem profissional que só entrou por manobras do antigo governo!

  • Dito Cujo
    03 Jul 2017 às 17:24

    Já q é assim,podiam pelo menos dar a gente o direito d escolhermos em qual psicólogo ou qual médico queremos ser atendidos.

Sitevip Internet