Olhar Jurídico

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Notícias / Criminal

TJ leiloa hospital avaliado em R$ 10 milhões, carro de R$ 500,00 e 8 bicicletas por R$ 50; veja itens

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

04 Set 2017 - 16:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Fórum de Justiça de Cuiabá

Fórum de Justiça de Cuiabá

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) realiza leilão para venda de bens móveis e imóveis nos dias 12 e 13 deste mês. As duas praças se iniciarão às 14h, no auditório do Fórum Desembargador José Vidal. O leilão é destinado à alienação dos bens oriundos de penhoras em execuções, processos criminais e da Administração Pública.

Leia mais:
TJ concede liberdade a jornalista acusado de extorquir Silval Barbosa e empresários de MT

 
Os imóveis urbanos e rurais e os bens móveis como veículos e objetos diversos serão leiloados em 106 lotes. Conforme o regulamento, os bens que se encontram armazenados no depósito do Fórum poderão ser examinados nos dias 6 e 11 de setembro (quarta e segunda-feira), das 14h às 17h.
 
Dentre os bens mais caros desça-se a sede do Hospital Santa Tereza, que no mesmo lote oferta área de terras na Várzea do Faval, com 03 hectares, avaliada em R$ 10.143.741,17. Já dos lotes mais econômicos destaca-se um lote contendo oito bicicletas, com marcas e cores diversas, avaliado em apenas R$ 50,00, isto é, cerca de R$ 6,25 cada uma.
 
Ainda, para os colecionadores, está em leilão um veículo VW/Passat LS, Cor Bege, fabricado em 1982/1982, emplacado Mato Grosso. O lote é avaliado R$ 500,00.
 
Além de veículos e imóveis, está uma geladeira 470 marca Brastemp, na caixa, cor branca, avaliada em R$ 600,00.
 
De acordo com o regulamento, os lances ofertados serão irretratáveis e, em primeira praça, somente serão aceitos se alcançarem o valor da avaliação. Caso não haja lances, serão aceitos em segunda praça valores a partir de 50% do valor de avaliação, com exceção de veículos que serão aceitos lances a partir de 80% do valor avaliado.
 
No ato da arrematação deverá ser entregue a título de sinal, cheque no valor de 25% do lance ofertado, além de outro no valor de 5% da comissão devida à leiloeira. Por ato voluntário, o arrematante poderá ainda efetuar o pagamento da primeira parcela em percentual superior ao previsto, sendo que, em caso de desistência, não terá direito à devolução desses valores.
 
Os bens que não forem objeto de arrematação ou adjudicação após a realização das duas praças poderão ser, por solicitação e a critério da Justiça Estadual, novamente apregoados ao final do leilão.
 
Para verificar os lotes ofertados, clique aqui.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ZE NINGUEM
    05 Set 2017 às 08:20

    ESSA FACHADA DO FORUM DE CUIABA DEVE SER A FACHADA MAIS FEIA DO UNIVERSO......................... DEVIAM BOTAR A PLACA COM O NOME DO ARTISTA QUE BOLOU ESSAS TABUAS DE MADEIRA................ PARECE UM CURRAL......................

Sitevip Internet