Olhar Jurídico

Segunda-feira, 29 de maio de 2017

Notícias / Criminal

Justiça retoma atividade com audiência da Sodoma e possível julgamento sobre prisão de Alan Malouf

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

09 Jan 2017 - 09:11

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Fórum de Cuiabá

Fórum de Cuiabá

A justiça de Mato Grosso retoma suas atividades nesta segunda-feira, 09 de janeiro. Com o fim do recesso forense, decretado no fim de dezembro de 2016, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e demais órgãos retornam à normalidade. Na Sétima Vara Criminal, a primeira audiência está marcada para esta sexta-feira (13), com o último interrogatório que antecede o julgamento da ação penal oriunda da “Operação Sodoma”. Já no TJ, um pedido de prisão de Alan Malouf será avaliado.

Leia mais:
Juiz acata pedido do Estado e concede desapropriação de imóvel que "inviabilizava" obras do VLT

Por conta do recesso forense, a justiça funcionou em regime de plantão. Foi ele que garantiu ao empresário Alan Ayoub Malouf a liberdade, na véspera do natal, dia 24. O proprietário do Buffet Leila Malouf ficou preso nos Serviços de Operações Especiais (SOE) por 10 dias por conta da “Operação Rêmora”.

Com a retomada das atividades jurídicas, caberá ao desembargador Rondon Bassil Dower Filho, o destino do empresário. O magistrado deverá acatar ou não um apelo do Ministério Público Estadual (MPE) para que o réu seja colocado novamente na prisão.

Já a Sétima Vara Criminal, da juíza Selma Rosane Arruda, retoma no dia 13 com a ação penal oriunda da segunda e terceira fase da “Operação Sodoma”. Serão ouvidas as testemunhas do réu Antônio Roni de Liz, dono da Gráfica Liz. Ele é tido como um dos maiores doadoras da campanha do ex-prefeito de Várzea Grande, Walace Guimarães, que também figura no polo passivo da ação da “Sodoma”.

Ao todo, o MPE denunciou 17 pessoas pelos crimes de fraude em licitação, fraude processual, lavagem de dinheiro e crime contra a administração pública. Entre os denunciados estão o ex-governador Silval Barbosa, o ex-deputado estadual José Riva e o ex-prefeito de Várzea Grande, Wallace dos Santos Guimarães.

São denunciados, ainda, Marcel Souza de Cursi, Pedro Jamil Nadaf, Rodrigo da Cunha Barbosa, Silvio Cezar Correa Araújo,José Jesus Nunes Cordeiro, César Roberto Zílio, Pedro Elias Domingues, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, Karla Cecília de Oliveira,Tiago Vieira de Souza,Fábio Drumond Formiga, Bruno Sampaio Saldanha,Antonio Roni de Liz e Evandro Gustavo Pontes da Silva.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet