Olhar Direto

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Notícias / Política MT

Dez magistrados retomam cargos no TJMT; Travassos comemora decisão

Os 10 magistrados punidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com aposentadoria compulsória em fevereiro deste ano retornarão aos cargos, inclusive o ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Mariano Travassos, que já comemora a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Ambos foram afastados por envolvimento no esquema de desvio de recursos a uma cooperativa ligada à maçonaria.

Da Redação - Kelly Martins e Pollyana Araújo

03 Ago 2010 - 19:25

Os 10 magistrados punidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com aposentadoria compulsória em fevereiro deste ano retornarão aos cargos, inclusive o ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Mariano Travassos, que já comemora a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Ambos foram afastados por envolvimento no esquema de desvio de recursos a uma cooperativa ligada à maçonaria.

Travassos afirmou, em entrevista ao Olhar Direto, que foi submetido a uma “provação” da qual conseguiu se sobressair. Contou ainda que foi informado da decisão do ministro Celso de Mello por seu advogado. Agora, aguarda o despacho do ministro.

Mello também concedeu o retorno dos outros nove magistrados também aposentados compulsoriamente pelo CNJ por suposto recebimento indevido de créditos repassados a uma cooperativa de crédito ligada à Loja Maçônica Grande Oriente, da qual então presidente do TJMT desembargador José Ferreira Leite era “grão mestre”.

À época, Travassos ocupava o cargo de corregedor-geral de Justiça e, por isso, foi imputado ao desembargador conduta de ter sido auferido com os pagamentos preferenciais.

Desse modo, retornarão aos cargos os juízes Juanita Clait Duarte, Graciema Ribeiro de Caravellas e Antônio Horácio Neto, Marcelo Souza Barros, Irênio Lima Fernandes e Marcos Aurélio Reis, assim como os desembargadores Ferreira Leite, José Tadeu Cury e o próprio Travassos.

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Socorro
    05 Ago 2010 às 12:41

    PORTARIA N.º 542 /2010/DGTJ/PRES O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO o teor ofensivo, agressivo, calunioso e difamatório de comentários postados na internet em relação a Membros do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso e seus servidores CONSIDERANDO que há indícios da utilização de computadores desta instituição na execução dessa ação CONSIDERANDO a necessidade de adotar medidas emergenciais para a efetiva apuração de tais fatos, identificando os autores a fim de que respondam legalmente por seus atos RESOLVE: I – Determinar à Coordenadoria de Tecnologia da Informação a adoção das seguintes providências atinentes ao funcionamento dos computadores e da rede neste Tribunal de Justiça e nas Comarcas deste Estado: I.I - promover ativação do log de navegação, a restrição integral de postagem, o recadastramento de todas as matrículas dos servidores usuários dos computadores do TJMT e dos Fóruns de todas as Comarcas do Estado I.II – promover o levantamento de todos os IPs das máquinas do TJMT e dos Fóruns de todas as Comarcas do Estado, e respectivas matrículas dos servidores usuários, para encaminhamento à Secretaria de Estado de Segurança Pública II – Oficiar à Secretaria de Estado de Segurança Pública para que, através do Departamento de Inteligência da Polícia Civil, proceda o rastreamento e identificação dos usuários dos equipamentos de informática do TJMT e dos Fóruns das Comarcas do Estado para fins ilícitos III – Havendo necessidade de rastreamento de computadores fora do âmbito do Poder Judiciário, oficiar à Superintendência Regional da Polícia Federal, solicitando cooperação técnica. P. R. Cumpra-se. Cuiabá, 29 de julho de 2010. Desembargador JOSÉ SILVÉRIO GOMES Presidente do Tribunal de Justiça

  • daniel
    05 Ago 2010 às 11:23

    Isso é um absurdo, esses juizes estão devendo e mesmo assim estão voltando, só pode ser pra receber o dinheiro que as liminares proporciona a eles, é légico que por baixo do pano. O BRASIL TEM QUE COMEÇAR A MUDANÇA PELO PODER JUDICIARIO.

  • Ricardo
    05 Ago 2010 às 10:49

    O ministro despacha que um Juiz volta a trabalhar porque tem comprometida a sua sobrevivencia com o vencimento proporcional compulsório que ficou recebendo.(muito baixo). Um ministro dar um despacho desse é um absurdoo !!!

  • Nogueira
    05 Ago 2010 às 06:06

    O TAR de Ministro CeRso de Melo não o parente do TAR de Collor de Melo, o primo dele é o Marco Aurélio. Mas vamos la, será o que o parente do Collor ia ser diferente deste q benefenciou os nobres Magistrados de MT? É repugnante a atitude deste Ministro, será q ele tbm negocia papéis? Será q existe uma bolsa de valores entres estes magistrados?

  • CELSO
    04 Ago 2010 às 13:42

    . OS MAGISTRADOS REINTEGRADOS , DEVERIAM PENSAR MUITO EM NAO TOMAREM POSSE AOS CARGOS DE DESEMBARGADORES, DOS QUAIS FORAM APOSENTADOS A BEM DO SERVIÇO PÚBLICO, MEDIANTE A DECÍSÃO TÃO SOMENTE DE UMA LIMINAR , AINDA MAIS DECRETADA PELO MINISTRO CELSO MELLO (MUITO LIBERAL) QUE NAO INTEGRA O ROL DOS DEMAIS MINISTROS NOMEADOS PELO GOVERNO LULA. O CNJ FICOU DESMORALIZADO E FOI UM PROJETO DO GOVERNO LULA. ORA, NO JULGAMENTO DO MÉRITO, OS DEMAIS MINISTROS NOMEADOS PELO PRESIDENTE LULA , CERTAMENTE IRÃO REAVALIAR SE, VALE A PENA DESTRUIR A CREDIBILIDADE DO CNJ EM RAZÃO DE 10 OU 15 MAGISTRADOS CONSIDERADOS CRIMINOSOS POR AQUELE SODALÍCIO. O JULGAMENTO DO MÉRTO, COM CERTEZA , O RELATOR MINISTRO CELSO MELLO (NOMEADO POR FHC) SERÁ VOTO VENCIDO, E A SITUAÇAO DOS MAGISTRADOS QUE RETORNARAM AOS CARGOS FICARAO PIOR AINDA. ESPERAR PARA VER, OU FECHA-SE AS PORTAS DO CNJ, MAIOR POSTULADO DEMOCRÁTICO DO ESTADO BRASILEIRO NO GOVERNO LULA.

  • José
    04 Ago 2010 às 08:22

    Esse pessoal tem tornado Mato Grosso motivo de chacota no país todo.. tem feito do Mato Grosso o seleiro de impunidades... perdendo apenas para Brasília.... É uma vergonha ter essas pessoas no poder... mas o dinheiro fala mais alto... tanto para o judiciário, quanto na política... Resumindo a indignação do povo matogrossense... VERGONHA...

  • Pedro Antonio
    04 Ago 2010 às 07:49

    PALMAS E MAIS PALMAS... VIVA A BANDALHEIRA!!!! URHAAAAAA....

  • moacir de freitas junior
    04 Ago 2010 às 06:55

    E SR AND VC E DEMAIS MESMO FALOU QUE IA CONSEGUIR VOLTAR O SEU PADRINHO E OS AMIGOS DELE E FES PARABENS NAO DUVIDO MAIS DE NADA EM MT

  • zedopovo
    04 Ago 2010 às 05:39

    EITA! EITA! EITA! EU JÁ SABIA e já falei em outros comentários aqui, a grande verdade que ontem teve 10 famílias comemorando a vitória da democracia, agora a corrupção no TJMT ficou inflacionada, ou seja, mais cara, pois numa penada o STF determinou a volta dos juízes que até ontem eram considerados corrputos, e agora????E as ações milionárias que irão entrar contra o Estado? Pra variar quem vai pagar a conta somos nós, mas DEMOCRACRIA é isso aí que todos nós estamos vendo.....e a vida é assim.....,MANDA QUEM PODE E OBEDECE QUEM TEM JUÍZO.....fecha a conta.

  • Renato
    04 Ago 2010 às 00:58

    Com certeza todos irão voltar como se estivessem voltando da Disney, nada aconteceu, vamos voltar para o nosso mundo, e o pior, na "suprema" casa também tem óleo de peroba, o mesmo que este Daniel abaixo usa, é nojento....

Sitevip Internet