Olhar Direto

Quarta-feira, 28 de junho de 2017

Notícias / Cidades

Preso adolescente responsável por latrocínio que vitimou casal; mentora do crime se entregou por medo

Da Redação - André Garcia Santana

08 Nov 2015 - 17:12

Foto: GC Notícias

Preso adolescente responsável por latrocínio que vitimou casal; mentora do crime se entregou por medo
O adolescente W.A.S., 17 anos, acusado de ser o autor dos disparos que mataram o casal Claudemilson Ferreira, 41, e Alessandra Sheffer, 27, em Juara (709 km de Cuiabá) foi apreendido em Lucas do Rio Verde (332 km de Cuiabá), no sábado, 7. Ele estava escondido na casa de um amigo e foi localizado pelos policiais em frente a uma lan-house na cidade. O grupo formado por ele, outro menor de 13 anos, e pela jovem Aline Macedo, 19, se articulou para render as vítimas e roubar a caminhonete S10 do homem, um empresário da região. O crime aconteceu no dia de 17 de outubro.

Leia mais:
Rapaz de 18 anos molesta mulher em shopping popular e é espancado pela população


Logo após o latrocínio, o garoto de 13 anos foi apreendido em Sinop (500 km ao Norte), pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). Já Aline foi detida na quinta-feira, 5, na cidade de Tangará da Serra (a 250 km da Capital). Ela confessou em rede social ser a mentora do crime e disse à Polícia Civil que se apresentou porque tinha medo de sofrer represálias por parte de W.A.S, que seguia foragido.
 
De acordo com o delegado Rafael Scatolon, o menor está com medida provisória de internação decretada pela Primeira Vara  Criminal de Juara, Juizado da Infância e Juventude. "O caso é grave e a violência envolvida no crime demonstra o grau de brutalidade  e insensibilidade com a vida alheia, havendo notícia de que as vítimas estavam encapuzadas, ambos com vários tiros na cabeça, cujos corpos foram abandonados em rio localizados na zona rural", diz trecho da decisão Judicial que determinou a internação.
 
As investigações apontam Aline como a pessoa que planejou a ação, escolheu o veículo alvo, e ainda orientou os adolescentes sobre como agir durante o roubo. Além do crime de latrocínio, pelo qual todos responderão, a acusada também será indiciada por corrupção de menores.
 
Confissão

Após entregar-se Aline informou à polícia que estava no município de Nova Olímpia e se apresentaria na presença da imprensa. Entretanto, a mesma acabou ligando para a equipe de reportagem dizendo que estava na cidade de Tangará da Serra, e havia escolhido um local público para se render.  No ponto marcado pela suspeita, no pátio de uma grande loja de magazine, Aline se entregou aos policiais civis de Juara, que a aguardavam. Chorando muito, ela disse estar arrependida e foi levada para a Delegacia de Polícia de Juara.

Levada para prestar esclarecimentos ao delegado de polícia, Carlos Henrique Engelmann, a suspeita alegou que estava escondida na casa de um amigo em Tangará da Serra, e detalhou o planejamento do crime. Aline também disse temer ser encontrada pelo menor infrator acusado de ter disparo contra as vítimas, que ainda está foragido. Acusada de duplo latrocínio na condição de mentora intelectual e corrupção de menores.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zé Guaporé
    09 Nov 2015 às 10:22

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • francisco filho
    09 Nov 2015 às 09:39

    e o que irá acontecer com essa escória nojenta? nada, a não ser que a familia cobre olho por olho dente por dente.

Sitevip Internet