Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Notícias / Política MT

Candidato é baleado e tem pai assassinado em ato de campanha; criança de 12 anos leva três tiros

Da Redação - Laíse Lucatelli/ Wesley Santiago/Patrícia Neves

28 Set 2016 - 18:49

Candidato é baleado e tem pai assassinado em ato de campanha; criança de 12 anos leva três tiros
Três pessoas foram baleadas em uma caminhada da campanha de Emanuel Pinheiro (PMDB) para a Prefeitura de Cuiabá, na tarde desta quarta-feira (28), no bairro Carumbé. O ato político era conduzida pelo candidato a vice da chapa, Niuan Ribeiro (PTB). O candidato a vereador baleado foi identificado como Julio da Power (PT do B). O pai dele, Custódio Alves, morreu na hora. Além disso, uma criança de 12 anos que brincava próxima ao local foi atingida por três tiros.

Leia Mais:
Ex-secretário revela que Silval pagou cerimônia de R$ 1 milhão no Leila Malouf com dinheiro de fraudes

A Polícia Militar informou que um homem passou em uma moto preta e atirou contra o grupo que fazia o ato político, acertando duas delas. Segundo o pai do candidato a vice-prefeito na chapa de Emanuel, ex-senador Osvaldo Sobrinho, houve uma tentativa de assalto, e as vítimas reagiram. Com isso, o assaltante atirou. O ladrão estaria interessado em um cordão de ouro que o candidato usava.

Diversos cabos eleitorais estão na porta do hospital. A assessoria de Emanuel Pinheiro informou que a equipe de campanha está dando todo o suporte à família. 

Atualizada 22h13 - Em nova nota enviada à redação, a Coligação “Um novo prefeito. Para uma nova Cuiabá”, do candidato a prefeito, Emanuel Pinheiro e seu vice Niuan Ribeiro, lamentam os ferimentos ao garoto Wesley Silva Moreira, 12 anos. O menino foi atingido com três tiros, sendo que dois foram de raspão e um está alojado no peito, do lado direito, mas não atingiu o pulmão. Segundo informações do pai da criança, não há risco de morte e o quadro é estável. 

O pai do menor informou que o menino estava no local apenas para ver a movimentação da “Caminhada 15”. No momento em que foi atingido pelos disparos, ele estava próximo de Júlio Power.

Atualizada 22h10 - A Secretaria de Segurança acaba de retificar a informação quanto ao número de feridos no ato criminoso. Ao contrário do que foi inicialmente informado e dos relatos quanto a uma mulher ferida, a mesma não foi localizada. O Boletim de Ocorrências relata os nomes de três vítimas. 

21h57 - A Polícia Militar vasculha neste momento a região do bairro Sol Nascente na tentativa de localizar o responsável pelos disparos que mataram o pai do vereador. O aparato envolvido na tentativa de captura do suspeito envolve oito viaturas do 3º Batalhão da PM e sete viaturas da Rotam, além do serviço de inteligência da PM e de três unidades especializadas da polícia judiciária civil (DHPP, DERF e Diretoria de Inteligência).

21h21 - Há informação de que um suspeito do crime foi identificado pela Polícia. Investigadores da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá estiveram no hospital na tentativa de realizar o reconhecimento do suspeito (por meio de imagens). No entanto, as testemunhas declaram-se suspeitas pelo momento trágico e não quiseram confirmar se o detido se trata, de fato, do criminoso que tentou roubar o candidato.

21h19 - A criança ferida é um menino de 12 anos, que foi atingido enquanto brincava na quadra próxima ao local do crime. O menino é primo da candidata a vereadora Laura Abreu (PT), e está no Pronto Socorro da capital, onde passará por cirurgia para retirar a bala do peito. Veja na íntegra a nota enviada pela assessoria da candidata do PT. 

A candidata a vereadora por Cuiabá, Laura Abreu (PT), vem por meio desta prestar seus sentimentos à família de Custódio Alves, pai do candidato a vereador Júlio da Power (PTdoB), assassinado na tarde desta quarta-feira (28.09), enquanto caminhava em ato político de seu filho no bairro Sol Nascente, em Cuiabá. 
Além de Custódio, que levou seis tiros, foram baleados também o candidato e uma criança de doze anos, primo da candidata, que brincava na quadra do bairro no momento do ocorrido. 
A assessoria da candidata, em respeito a família, preservará seu nome. De acordo com uma familiar, ele foi baleado no peito. Ele passará por raio-x e, posteriormente, fará cirurgia para retirada do projétil no Pronto Socorro Municipal, onde se encontra. Felizmente, ele não corre riscos de morte.
A candidata ressalta sua indignação com a violência presente nas periferias de Cuiabá, bairros habitados por trabalhadores e trabalhadoras que contribuem para o desenvolvimento da cidade.
Laura também aguarda, como familiar de uma das vítimas e como cidadã cuiabana e mato-grossense, que as autoridades responsáveis apurem o crime e puna os responsáveis por tamanha crueldade.
Por fim, Laura roga a Deus que conforte a família das vítimas e a ajude a encontrar forças para enfrentar essa realidade vivida cotidianamente por milhares de outras famílias desse país. 


21h13 - Segundo informou a assessoria de imprensa, Emanuel Pinheiro e seu vice Niuan Ribeiro cancelaram todos os atos dessa quarta-feira (28), bem como as agendas de quinta-feira (29), mantendo apenas o debate da TVCA. "A decisão é em solidariedade ao membro da coligação Um Novo Prefeito para uma Nova Cuiabá”, diz a nota.

21h06 - A Secretaria de Segurança Pública acaba de confirmar que uma criança,  de doze anos, também foi ferida com estilhaços deflagrados durante o assalto que resultou na morte de Custódio Alves Pereira, de 58 anos. Ainda conforme a Secretaria, uma mulher também sofreu ferimentos pelos estilhaços. Ambas foram socorridas até a Policlínica do Planalto. 

20h59 - Ao sair do hospital, na noite desta quarta-feira, a delegada Juliana Palhares, informou que o caso será investigado como  um latrocínio (roubo seguido de morte). ‘Algumas pessoas apontam uma moto usada para a fuga. Mas as informações ainda são imaturas”. 

20h48 - A viatura do Instituto Médico Legal (IML) acaba de chegar ao hospital. O corpo de Custódio será encaminhado para unidade onde será submetido a exames e depois liberado a familiares para sepultamento. 

20h46 - A Coligação de Emanuel Pinheiro emitiu nota de pesar sobre o episódio de violência. Veja a íntegra: "É com muita tristeza que comunicamos o falecimento de Custódio Alves Pereira, 58 anos, vítima de uma suposta tentativa de assaltado, no fim da tarde de hoje, no bairro Jardim Sol Nascente, ao lado do bairro Planalto. O senhor Custódio é pai de Júlio César Maia Pereira, Júlio da Power (PT do B), candidato ao cargo de vereador por Cuiabá, na coligação “Um novo prefeito. Para uma nova Cuiabá”. 

Júlio da Power também foi atingido por dois tiros disparados por um motociclista, sendo que um foi no tórax e perfurou o pulmão e o outro tiro foi de raspão. O quadro de saúde é estável. Já o pai do candidato levou seis tiros, sendo quatro no tórax e dois na região do rosto e não sobreviveu aos ferimentos.

O crime aconteceu no fim da Caminhada 15, quando o vereador acompanhado de seu pai, do candidato a vice-prefeito Niuan Ribeiro (PTB), além de outros membros da coligação, estavam deixando o local.

O candidato Emanuel Pinheiro (PMDB) e o seu vice Niuan se solidarizam com a família do senhor Custódio Alves e do candidato a vereador Júlio da Power e, como cidadãos, exigem das autoridades que o fato seja elucidado o mais rápido possível, pois não dá mais para viver nesse ambiente de insegurança que assola a nossa Capital. Emanuel Pinheiro e Niuan Ribeiro. “Coligação um Novo Prefeito para uma Nova Cuiabá”.  


20h35 - O candidato Emanuel Pinheiro chegou ao hospital às 20h25 e falou com a imprensa. Ele lamentou o crime e disse que está rezando pela recuperação de Julio e pela alma de Custódio. O candidato exigiu providências das autoridades e criticou o clima de insegurança em Cuiabá. Emanuel relatou que seu filho participava do ato.

"O crime ocorreu a poucos metros de onde estava meu filho mais velho, de 21 anos. Ele tinha acabado de se despedir do candidato Julio da Power, saiu e foi fazer uma visita em uma casa vizinha. Cerca de 1 minuto minutos depois, ouviu os disparos e foi aquele corre-corre, aquele pandemônio", disse. 

20h13 - A mãe do candidato passou mal ao saber da morte do marido e foi levada para o hospital Amecor. 

20h08 -  Uma ação conjunta entre a Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) irão trabalhar de maneira conjunta para elucidar a ação criminosa.  Ao Olhar Direto, a delegada Juliana declarou que qualquer tipo de declaração nesse momento seria prematura. Afirmou ainda que testemunhas serão intimadas a depor. Duas equipes encontram-se no Hospital São Mateus. 



19h59 - O candidato a prefeito Wilson Santos (PSDB) lamentou o episódio em sua página no Facebook. "Lamentamos profundamente o incidente que vitimou as pessoas nesse ato de campanha. Nossos sentimentos aos amigos e família", disse o tucano.

19h55 - Testemunhas apontam que o assaltante teria seguido os populares durante toda a caminhada. 

19h51 - O candidato baleado, no pulmão, segundo familiares irá para UTI. 

Atualizada 19h46 - Em entrevista ao Olhar Direto, o candidato a prefeito Emanuel Pinheiro informou que já acionou o secretário de Estado de Segurança, Rogers Jarbas, e pediu à Polícia Federal que investigue o caso.  Ele informou que seu filho e outros parentes participaram da caminhada. Atordoado, o candidato disse que nesse momento está focado em amparar a família das vítimas.

19h37 - O candidato Júlio, de acordo com informações atualizadas, levou um tiro que perfurou o pulmão.

19h34 - Segundo a Secretaria de Segurança, pelo menos sete viaturas encontram-se na região para tentar localizar o criminoso.

19h23 - Familiares informaram que o candidato Júlio da Power, foi ferido com um disparo no ombro e outro na região do tórax. O estado de saúde é considerado bom.


19h22 - Familiares revelaram ao Olhar Direto que o pai do candidato, Custódio, teria entrado na frente do filho para evitar a ação. 

19h20 - A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) informou ao Olhar Direto que a ação é investigada como uma tentativa de assalto.  O criminoso teria tentado roubar a corrente do candidato. 

19h17- Revoltado, o filho de um dos candidatos declarou que está indignado com a situação: "Morto de forma covarde, trabalhador. Um cara honrado. Morto por um cara covarde, vagabundo. Meu pai criou quatro filhos e mais três dele".



19h11 - A Secretaria de Segurança de Pública confirmou ao Olhar Direto que uma mulher também foi baleada na ação criminosa. Ela foi levada para a Policlínica da região. A identificação não foi divulgada. 

19h05 - O pai do candidato, Custódio Alves Pereira, de 58 anos, faleceu em decorrência dos ferimentos. Ele foi atingido com seis disparos.

32 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • lucas Familia vitoria
    29 Set 2016 às 18:55

    Meus Sentimentos a FAMILIA! Meu Deus onde iremos parar!!! seu custodio era um homem tao alegre simpótico humilde gente boa mora no fundo do meu coraçao meu amigao se foi para defender o filho , sabemos que ele esta nos braços de DEUS em um lugar melhor !!! mas a indignação e muito grande por que hoje foi nosso querido amigo SEU CUSTODIO e amanha pode ser eu vc ou qualquer pessoa !!!!!! cuiaba ta muito violenta meu DEUS Sentimentos a familias aos meninos que sao conheçidos um abraçao força meu irmao!!!!

  • Cuiabana
    29 Set 2016 às 13:30

    Meus sentimentos á toda família....infelizmente viramos reféns da nossa própria casa, nos bairros periféricos não temos seguranças, passo pela região do CPA IV, vejo bastante viaturas da PM fazendo rondas, enquanto nos bairros periféricos os bandidos estão tomando conta....moro no bairro Dr Fábio, depois das 21h não saio mais de casa, com medo dos bandidos...CADÊ a segurança pública?

  • ANDRE SÉRIO SILVA
    29 Set 2016 às 10:49

    NAO SERIA BEM O MOMENTO, NEM A HORA PRA FALAR. MAS FICA A PERGUNTA AOS NOBRES POLITICOS: TÃO VENDO E SENTINDO, NESSE MOMENTO, COMO É A VIDA REAL AQUI EM BAIXO? E OUTRA COISA GENTE. NAO DEFENDO POLITICOS, PELO CONTRARIO, TENHO NOJO, ASCO. MAS O PROBLEMA É O SEGUINTE. NÃO É O EXECUTIVO NA FIGURA DO GOVERNADOR, PRESIDENTE QUE CONSEGUE ARRUMAR ALGUMA COISA NA LEI OU NA FALTA DAS LEIS. O PROBLEMA SE CHAMA LEGISLATIVO, O NOME JA FALA, LEGISLAR, FAZER LEI. NAO BASTA APENAS CULPAR GOVERNO, PREFEITO, PRESIDENTE. A REFORMA TEM QUE SER FEITA POR QUEM FAZ AS LEIS, QUE SAO OS DEPUTADOS. COBREM DOS SEUS DEPUTADOS. NAO ADIANTA COBRAR DE GOVERNADOR. QUEM MUDA LEI SAO DEPUTADOS. E REPETINDO, NAO TO DEFENDENDO NINGUEM, REPITO, TENHO NOJO DE EXECUTIVO, LEGISLATIVO. VOU SAIR DE CASA PRA VOTAR DOMINGO OBRIGADO, NA MARRA. BOA SORTE A TODOS E QUEM SOBREVIVER QUE APAGUE A LUZ DESSE PAIS.

  • Faro Fino
    29 Set 2016 às 09:33

    PT do B! Podem investigar o Juca do Guaraná que vocês vão descobrir muita coisa, aliás nisso os familiares do Juca do Guraná são especialistas!!!!

  • Carlos
    29 Set 2016 às 07:48

    ENQUANTO OS BANDIDOS DE BRASILIA NAO ALTERAREM O CODIGO PENAL PATA TER PENAS MAIS RIGOROSAS PARA OS CRIMES VIOLENTOS ESTAREMOS NUM CAOS TOTAL. ENQUANTO NAO COLOCAREM BLOQUEADORES DE CELULAR NOS PRESIDIOS E TB MAIS RIGOR INTERNO NA SEPARACAO E VIGILANCIA DOS DETENTOS PERIGOSOS NÃO TEREMOS SEGURANÇA PÚBLICA !

  • Mujica
    29 Set 2016 às 07:42

    Se for de menor para os petistas e professores petistas ele não cometeu crime. Ele é vítima da burguesia e dos golpistas. Assim diz o manual do PT CUT SINTEP

  • garastazul@bol.com.br
    29 Set 2016 às 07:16

    O povo sendo procurando um culpado, governado, policia, secretario de segurança..... para com essas balelas os meliantes do fato ........ ou estão com tornozeleira ou ja foram presos varias vezes....... e o sistema deca/codigo penal e outras variaveis

  • Edson Sena 15616
    29 Set 2016 às 06:42

    Bom dia, ontem foi mais um triste dia em consequência da violência que vitimou fatalmente o Sr. Custódio pai do Vereador Júlio Power que também foi alvejado com 2 tiros e graças a Deus passa bem. Seja qual for a motivação do crime, se foi roubo, acerto de contas, política, há de se concluir que a ganância, o dinheiro está no meio, a vida está banalizada e quantos "Sr. Custódio e Júlio" são vítimas diariamente dessa violência desenfreada? A sociedade pede socorro, não aguenta mais, precisa reagir e cobrar uma postura mais enérgica do Estado, no que tange aos parlamentares em elaborar leis que beneficiam a população de bem, ao judiciário para não flexibilizar as leis e ao executivo para cumprir seu papel preventivo tá certo que é impossível colocar policiais em todas as esquinas, mas nesse caso os bandidos foram armados e de moto, com mais abordagens e mais disposição das forças de segurança voltaremos a ter uma sensação de segurança. Não espantaremos se ao final tiver alguém com alguma tornozeleira envolvido nesse crime! Aos familiares meus pêsames, que o Senhor conforte os vossos corações. DEUS É FIEL!

  • luiza zuqui
    29 Set 2016 às 03:18

    Meus sentimentos a todas familia torço para julinho ficar bem. Infelizmente a segurança de Cuiabá nunca foi copetente. Cade a época do cabo cona!!!

  • Anônimo
    28 Set 2016 às 23:05

    Olha não é querendo levantar suspeitas não, mas pela quantidade de disparos parece mais um acerto de contas/crime encomendado do que tentativa de assalto, que assaltante que é esse que fica no meio da multidão atirando?

Sitevip Internet