Olhar Direto

Terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Notícias / Cidades

Advogado de 39 anos é encontrado enforcado com cinto no pescoço em sua residência

Da Redação - André Garcia Santana

20 Mar 2017 - 10:30

Foto: Reprodução

Advogado de 39 anos é encontrado enforcado com cinto no pescoço em sua residência
Um advogado identificado como Ulisses Alves Macedo Neto, de 39 anos, foi encontrado enforcado em um cinto, em sua residência no bairro André Luíz, em Rondonópolis (215 km de Cuiabá), na noite de domingo (19). A suspeita é que ele tenha cometido suicídio, uma vez que, de acordo com sua família, o homem sofria de depressão e já havia tentado tirar a própria vida. A situação será investigada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da cidade. 

Leia mais:
Considerado como epidemia, suicídio aumenta no Estado; ignorância e fatores culturais impedem tratamento

Na ocasião anterior ele ingeriu medicamentos em excesso. Ao Olhar Direto a Polícia Civil informou que o corpo foi encontrado por volta de 20h, já em rigidez cadavérica, o que indica que o falecimento ocorreu cerca de cinco horas antes. A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) esteve no local para a realização dos procedimentos de praxe. Foi relatado ainda que o cinto foi amarrado a janela do cômodo.

De acordo com um estudo do Centro de Valorização da Vida (CVV), o suicídio cresce não somente por questões demográficas e populacionais, mas também por problemas sociais que prejudicam o bem-estar de cada um e que estimulam a autodestruição. Nossa sociedade vive com diversas situações de agressão, competição e insensibilidade. Campo fértil para que transtornos emocionais se desenvolvam.

CVV

Os grupos de ajuda do CVV também se estendem aos sobreviventes e familiares, uma vez que, para cada morte, há pelo menos seis pessoas enlutadas. Para isso, os grupos se reúnem semanalmente na Rua Comandante Costa, nº 296, no bairro Centro Sul. O atendimento por telefone é realizado pelo número 141 (Cuiabá e Várzea Grande) e (65) 3321-4111 (interior de Mato Grosso). Todos os atendentes são voluntários que atuam em diversas áreas, mas que têm em comum a vontade de ajudar e ouvir.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jose
    21 Mar 2017 às 08:54

    A família esta sofrendo, meus sentimentos e que encontrem a paz e o refrigério. a Perda de um ente querido sempre dolorosa, me compadeço com vocês. Aos que criticam pensem que poderia ser seu filho, seu sobrinho, irmão, deixem seu fanatismo de lado, e compartilhem somente o amor que dizem ter. !

  • Alice
    20 Mar 2017 às 18:36

    O Dr Ulisses era evangélico da congregação cristã. Se não sabem o que dizer fique calados e respeitem a dor da família. Sou tia dele ok?

  • Patrícia
    20 Mar 2017 às 16:13

    Diz a "ética" jornalística que não se deve noticiar suicídios. Em busca de cliques, vale até citar no texto o CVV, mas a chamada sensacionalista não engana não.

  • gumercindo do dom aquino
    20 Mar 2017 às 15:41

    As familias devem levar o seu parente a conhecer a biblia sagrada. Ela revela mistérios que edificam e traz a paz para a pessoa depressiva. Podem acreditar nisso. Ler a biblia e meditar nela sempre é um conselho e não uma exigencia (leiam salmos, eclesiastes e proverbios). Quem conhece os ensinamentos biblicos jamais comete suicidio pois tem a certeza do amor de Deus e isso basta. O homem tem um vazio em seu interior que só pode ser preenchido pelo Senhor Jesus ... Por favor leiam as escrituras sagradas. Que Deus abençoe a todos os leitores.

  • mara
    20 Mar 2017 às 14:45

    Sem palavras....ja sentimos este drama em minha familia,dói muito,que Deus conforte o coraçâo desta familia que com certeza esta sofrendo muito.

  • Albernaz
    20 Mar 2017 às 13:12

    Elias, depressão é uma doença, não é falta de Deus.

  • Antonio Branco
    20 Mar 2017 às 11:58

    Na verdade isso é depressão, já tive esse mal na minha vida. E só sabe da gravidade quem passa ou já passou por isso Existe um ser que pode não ter passado por isso que são os psiquiatras, mas um dia todos experimentarão exa experiência, mesmo que seje rápida ou lenta pode escrever isso. Mais o importante é lutar pra ter pensamento positivo. Claro mesmo que aqui passa pessoas que não acreditam em Deus, mas respeitosamente digo o seguinte: ___ Pedir força do alto da Glória de Deus é bom, ajuda e muito. Claro, ao contrário do comentário do Sr. Elias Bernardo Souza de Arenápolis. Não podemos radicalizar a fé e a crença de ninguém, podemos ajudar? Ajudemos, não podemos? Não critiquemos. O que posso dizer nesta fase cruel da situação é a seguinte... Deus conserve essa família centrada e direcionada ao pensamento positivo e o restante Deus proverá... Boa Tarde a todos

  • ELIAS BERNARDO SOUZA, Arenápolis-MT.
    20 Mar 2017 às 11:02

    COM TODO RESPEITO À FAMÍLIA DO DR. ADVOGADO, PARA MIM, TUDO ISSO QUE ACONTECEU É POR FALTA DE FÉ EM DEUS! PURA FRAQUEZA ESPIRITUAL. DE TOD AA FORMA, QUE ELE, NA AUGE DA JUVENTUDE E DO VIGOR FÍSICO, DESCANSE EM PAZ E QUE DEUS CONFORTE A FAMÍLIA..

Sitevip Internet