Olhar Direto

Segunda-feira, 24 de julho de 2017

Notícias / Política MT

Blairo Maggi divulga nota sobre crise política em que não cita Temer e diz que nada resiste ao trabalho

Da Redação - Wesley Santiago

18 Mai 2017 - 16:09

Foto: Reprodução

Blairo Maggi divulga nota sobre crise política em que não cita Temer e diz que nada resiste ao trabalho
O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Blairo Maggi, divulgou uma nota sobre a forte crise política que se instaurou no país na última quarta-feira (17), após divulgação do Jornal O Globo sobre uma suposta compra de silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, que teria sido feita pelo presidente Michel Temer (PMDB). Sem citar o peemedebista, Maggi afirmou que “não há crise que resista ao trabalho”.

Leia mais:
Deputados de MT relatam “caldeirão” e clima ruim em Brasília, mas avaliam que ainda é cedo para decisões
 
“Estou em Riade, na Arábia Saudita, em missão oficial no Oriente Médio, em busca de novos mercados para recuperação da economia brasileira. Estou atendo às notícias sobre os acontecimentos no Brasil. Voltamos a vivenciar uma crise política, no momento que começávamos a vencer a crise econômica. Vou esperar informações oficiais, mas, não podemos desanimar”, diz trecho da nota enviada à imprensa.
 
Maggi ainda acrescenta que “continuo colocando esforços para que o Brasil volte a crescer. O trabalho é árduo, mas sempre que me vejo nesses momentos de crise, recordo do que meu pai André Maggi sempre me dizia: não há crise que resista ao trabalho. Portanto, temos que olhar para frente e continuar a lutar por melhorias. Vamos manter a esperança e o foco”.
 
O Jornal O Globo afirmou existir uma gravação do presidente Michel Temer (PMDB) negociando propinas para comprar o silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), feitas pelo dono da JBS, Joesley Batista. Nessa manhã, uma operação da Polícia Federal prendeu a irmã e o primo do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o qual foi afastado do cargo pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e também havia sido denunciado pelo O Globo em negociação sobre propinas.

Maggi tem recebido elogios pela atuação na crise que se instaurou com a operação 'Carne Fraca'. A articulação política feita com os países compradores de carne resultou em uma diminuição grande dos impactos que seriam causados pela suspensão da compra dos produtos. O ministro fez questão de visitar diversos frigoríficos do país para atestar as suas qualidades.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JEFERSON MATOS
    19 Mai 2017 às 11:46

    A verdade: não gosto do Temer mas tenho certeza que isso aí tudo é armação da Globo. Transcreveram o áudio para parecer que Temer estava endossando a propina a Cunha, mas não é nada disso.Tem alguém ganhando com essa "crise" toda!!! A JBS comprou dólares na véspera da divulgação da matéria dobre Temer/Joesley Batista e no dia seguinte o dólar dispara!!!!!!! Tudo muito suspeito.

  • Danielle
    19 Mai 2017 às 08:42

    Esse é o "CALDO"! kkkk bom menino.

  • Luiz Otavio
    19 Mai 2017 às 06:01

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • por justiça
    18 Mai 2017 às 21:53

    com esse tipo de bombardeio so vai aeraoalhar o andamento das piores reformas....

Sitevip Internet