Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Notícias / Cidades

Quadrilha rende vigias e tenta explodir caixas de banco em prefeitura; veja fotos

Da Redação - Vinicius Mendes

04 Set 2017 - 16:09

Foto: Rádio Pioneira

Quadrilha rende vigias e tenta explodir caixas de banco em prefeitura;  veja fotos
Cerca de seis homens armados renderam três vigias da sede da Prefeitura Municipal de Tangará da Serra (a 241 km de Cuiabá) e tentaram explodir um caixa eletrônico na madrugada desta segunda-feira (4). Um dos vigias foi agredido com uma coronhada na cabeça. Os explosivos não conseguiram abrir os caixas e os suspeitos fugiram levando apenas os pertences dos vigias.

Leia mais:
Suspeito de integrar quadrilha que promove roubos a bancos é morto em confronto com PM


De acordo com informações da Polícia Militar, por volta de 3h30 desta segunda-feira, uma uma guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de roubo, de autoria de uma quadrilha composta por seis homens armados.

Os suspeitos teriam rendido primeiro o vigia de 60 anos que fica na recepção da prefeitura. Em seguida eles foram até a sala dos fundos e renderam o outro vigia, de 62 anos. Por último eles foram até o estacionamento e renderam e agrediram com uma coronhada na cabeça o vigia de 31 anos. O bando estava armado com espingardas calibre 12 e pistolas.

Do vigia de 31 anos os homens levaram R$ 1 mil, um celular, um colete balístico e um revólver com 10 munições. Alguns integrantes do bando ficaram guardando os vigias em um corredor, enquanto o restante foi até o caixa eletrônico. Foram instalados dois explosivos no caixa e um causou uma explosão pequena e o outro não explodiu. A explosão não foi suficiente para abrir o caixa e os homens fugiram por causa do barulho.

Eles entraram em uma caminhonete da prefeitura e fugiram, levando duas chaves de veículos e os pertences do vigia agredido. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o Esquadrão antibomba do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM foram acionados.

Os militares do Bope conseguiram fazer a retirada do explosivo que não foi ativado e fizeram uma explosão controlada. Policiais militares ainda fizeram rondas pela região, mas os suspeitos não foram localizados. A Polícia Judiciária Civil deve conduzir as investigações.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet