Olhar Direto

Sábado, 21 de outubro de 2017

Notícias / Política MT

Executiva Nacional do PSB se reunirá para decidir sobre destino de grupo de Mauro Mendes e Fábio Garcia

Da Redação - Érika Oliveira

12 Out 2017 - 17:00

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Executiva Nacional do PSB se reunirá para decidir sobre destino de grupo de Mauro Mendes e Fábio Garcia
O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, marcou para segunda-feira (16) a reunião que deve selar o destino dos políticos que o contrariam a Executiva e votarem favorável a Reforma Trabalhista. Entre os dissidentes está o mato-grossense Fábio Garcia (PSB), que, a depender da decisão de segunda-feira, poderá ser expulso da sigla.

Leia mais:
Justiça de Brasília nega recurso e Valtenir Pereira deve permanecer na presidência do PSB em Mato Grosso

Nos bastidores, a expectativa é de que todos os destituídos saiam de fato do PSB, uma vez que Siqueira possui apoio de quase 80% dos membros do conselho responsável por avaliar o caso. Com relação a Garcia, o presidente do PSB, inclusive, já deu claros sinais de que não o que mais na sigla, entregando a presidência do partido em Mato Grosso a um de seus maiores opositores, o também deputado Valtenir Pereira.

O caso, amplamente divulgado pelo Olhar Direto, causou um alvoroço na política local. À época, ao destituir Fabio Garcia, Siqueira afastou também o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, presidente de honra e Secretário de Formação Política; Adilton Saquetti, vice-presidente; Adriano Müller, secretário-geral, Max Russi, secretário de Finanças; Eduardo Botelho, secretário de Movimento Partidário; e Oscar Bezerra, secretário de Organização Partidária.

No mês passado, o desembargador Eustáquio de Castro, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, em Brasília, negou, nesta terça-feira (26), o recurso que pedia a suspensão da decisão de Siqueira, mantendo assim Valtenir na presidência do partido.

Na decisão, o desembargador justificou que o próprio diretório, que impetrou o recurso, já não demonstrava interesse em retornar às atividades partidárias na Executiva do PSB.

Além de Fábio Garcia, também são alvos do processo disciplinar, pelo mesmo motivo, os deputados Danilo Forte (CE), Fernando Coelho Filho (PE) e Tereza Cristina (MS).

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcio Fidelis
    14 Out 2017 às 20:42

    Quem ganha com essa absurda decisão e o DEM de MT, que vai ganhar lideranças expressivas como os Deputados federais Fábio Garcia e Adilton Saquetti, vários deputados estaduais como Botelho, Max , Adriano, Saviola e principalmente o líder político Mauro Mendes,ex Prefeito de Cuiabá. E anotem ai com esse reforço com certeza estarão disputando as eleições majoritárias em 2018, conforme e desejo dos irmãos Campos.

  • joao do pedegral
    13 Out 2017 às 08:18

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet