Olhar Direto

Domingo, 21 de janeiro de 2018

Notícias / Cidades

Policial baleado durante sequestro de empresária apresenta melhora e não deve passar por nova cirurgia

Da Redação - Wesley Santiago

21 Nov 2017 - 11:05

Policial baleado durante sequestro de empresária apresenta melhora e não deve passar por nova cirurgia
A família do investigador da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), Sidney Ribeiro dos Santos, baleado durante o resgate da empresária Milene Falcão Eubank, sequestrada na sexta-feira (17), informou que ele não precisará passar por novo procedimento cirúrgico. O policial apresentou uma melhora e agora os medicamentos serão diminuídos para ver a reação dos membros da vítima, que corre o risco de ficar tetraplégica.

Leia mais:
Quadro de saúde de policial atingido no rosto durante buscas a empresária é estável; GCCO investiga
 
Segundo os familiares, um exame foi feito na última segunda-feira (20) pelo neurocirurgião, que constatou não haver necessidade de nova cirurgia. A bala está alojada próximo a coluna cervical de Sidney, que está se recuperando e provavelmente não teve lesão grave na região em que ficou o projétil.
 
Agora, os medicamentos e sedação serão diminuídos para ver a reação do investigador. Ele acordará aos poucos e os médicos irão verificar a reação dos braços e pernas. Há o risco de que ele fica tetraplégico, o que ainda será avaliado nos próximos dias. Sidney continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
 
O delegado geral da Polícia Civil, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, determinou que todas as unidades da Diretoria Metropolitana e Atividades Especiais  (DAE) prestem o apoio necessário à prisão do criminoso que atirou no investigador.
 
"Já determinamos que as unidades usem o aparato necessário para localizar o último integrante desse bando. Estou acompanhado pessoalmente o quatro de saúde do policial junto com o diretor metropolitano. A Polícia Civil vai prestar toda a ajuda necessária a família do investigador", afirmou o delegado.
 
As buscas ao criminoso que alvejou o policial na região no rosto são realizadas por policiais das unidades da Diretoria Metropolitana, Diretoria de Atividades Especiais (DAE) e apoio da Polícia Militar. O delegado do GCCO, Diogo Santana de Souza, assegurou que as buscas ao nono envolvido e principal suspeito de atirar no investigador não cessarão até a sua prisão.
 
O principal suspeito de atirar no investigador é o criminoso, Kelves Gonçalves da Silva, conhecido por Kelvinho, que já esteve preso na Penitenciária Central do Estado (PCE) e é membro de uma facção criminosa. Ele também responde por homicídio investigado na Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), no caso do taxista, Douglas da Silva Dantas, encontrado próximo ao aterro sanitário de Cuiabá, ao lado do veículo, em agosto deste ano. A vítima foi amarrada e degolada.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ana margarida de Jesus
    22 Nov 2017 às 22:26

    Estamos em orações pela recuperaçao do Sidinei para que ele recupere bem para voltar para os seus familiares e sua vida normal que Deus o abençoe !!

  • Marcos
    21 Nov 2017 às 16:25

    A velha e imutável história de sempre. O cara com uma ficha criminal pesada, responde inclusive por homicídio de outro que também tinha uma ficha criminal considerável, solto por aí, livre para cometer outros crimes e engordar cada vez mais seu histórico criminal. A justiça brasileira é uma verdadeira promotora de bandidos. Essa situação não só coloca em risco a população como também os próprios policiais que prendem o meliante hoje e se depara com ele na rua dias depois. Muito complicado.

  • EZEL BAYRAKTAR
    21 Nov 2017 às 13:38

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet