Olhar Direto

Terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Notícias / Cidades

Réveillon leva cerca de 80 mil pessoas à Orla do Porto para celebrar a chegada de 2018

Da Redação - Arthur Santos da Silva

01 Jan 2018 - 15:35

Foto: Prefeitura

Réveillon leva cerca de 80 mil pessoas à Orla do Porto para celebrar a chegada de 2018
A celebração da chegada de 2018 em Cuiabá, durante o Réveillon realizado na Orla do Porto, reuniu cerca de 80 mil pessoas, que puderam prestigiar show regionais e o show nacional do cantor Felipe Araújo, além da queima de fogos que teve duração de 18 minutos.

Leia mais:
Adolescente morre após carro sair da pista e capotar em rodovia; dois feridos


O evento foi organizado pela Secretaria Extraordinária dos 300 Anos. Para o prefeito Emanuel Pinheiro, o primeiro Réveillon da sua gestão chega como o prenúncio de um novo tempo para Capital em que, segundo ele, além de resgatar a alegria da população cuiabana também anuncia a esperança e desejo de uma transformação social. 

“Com muito prestígio conseguimos resgatar a tradição das festas de final de ano popular. Nossa virada teve recorde de público, milhares de pessoas que encerraram e começaram um novo ano unidas por uma Cuiabá melhor. Ao longo  dos 365 dias do ano de 2017 trabalhamos e cuidamos da população e, espero que em 2018 possamos crescer ainda mais”, destacou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Ele acompanhou os shows, a contagem regressiva e a queima de fogos ao lado da primeira-dama, Márcia Pinheiro, dos filhos Elvis e Emanuel Filho, demais familiares e membros da equipe da gestão. 

Segundo o Secretário Extraordinário dos 300 anos, Júnior Leite, a Prefeitura de Cuiabá começa o ano em grande estilo, “Começar bem 2018 é merecido, pois todos os projetos finalizados feitos em 2017 merecem uma comemoração, Que venha 2018 com muito mais melhorias para nossa cidade rumo aos 300 anos”, completou o secretário.

A festa teve inicio com Dj Jonas, seguido do Nó de Dois, Anselmo e Rafael e a atração nacional que encantou o público. Felipe Araujo. junto com os cuiabanos fez a contagem regressiva para a entrada do ano novo.

2018  foi recebido com um show pirotécnico de fogos de artifício que iluminou o céu de Cuiabá por mais de 18 minutos. Para encerrar a primeira noite de 2018, o público cantou, dançou e comemorou a chegada do ano novo com a tradicional banda de Lambadão Megasom.

O evento foi realizado por intermédio de patrocínios, não gerando custos para o município. A virada do ano teve o apoio da Policia Militar, Corpo de Bombeiros, Clube de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (AMAD), Governo do Estado e Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Também foram  parcerias na organização do evento, as Secretarias de Cultura, Esporte e Turismo, Inovação e Comunicação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Serviços Urbanos.

19 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Elias Amin Daher
    02 Jan 2018 às 17:52

    Parabéns ao Dr. Hector Gayva por seu comentário reto e sem volta. Realmente falta seriedade e moralidade no planejamento e nas escolhas de prioridades por parte de nossos governantes.

  • Elias Amin Daher
    02 Jan 2018 às 17:52

    Parabéns ao Dr. Hector Gayva por seu comentário reto e sem volta. Realmente falta seriedade e moralidade no planejamento e nas escolhas de prioridades por parte de nossos governantes.

  • juca du guarana
    02 Jan 2018 às 17:24

    ou esti marsio e bem otario não tem dinheiro para ir para outro lugar e fica chamando os outros de favelado

  • Zé do Gás
    02 Jan 2018 às 13:47

    Não empaquei romance algum... Estou triste e comecei meu ano com pé na lama...

  • kARINA
    02 Jan 2018 às 10:50

    quanto preconceito Marcio Benedito. eu estava lá e não sou "favelada", olha que louco, né!!! Vi muita gente bem vestida e que não me pareciam nada favelados. E mesmo que fossem, qual o problema? Quantos "favelados" de carro chic, hein. Assim, até eu quero ser uma "favelada" rs

  • Professor curimba
    02 Jan 2018 às 10:39

    foi lindo ver vários professores alegres e curtindo. felizes com o nosso querido governador.... já aquele sindicato vermeio...voooteeee.

  • Flavio gin
    02 Jan 2018 às 10:24

    Tem secretario querendo ter uns 300 casos de amor até o fim do mandato do E.P!! Neeeeee?

  • Márcio Benedito de Moraes
    02 Jan 2018 às 09:23

    Só favelado

  • Paulo Reis
    02 Jan 2018 às 09:20

    Larga de mentir tinha no máximo umas 05 mil pessoas. EP do paletó ta certíssimo PÃO E CIRCO pra esses ignorantes.

  • Hector Sanches Gayva
    02 Jan 2018 às 08:45

    É inacreditável que nossos administradores municipais estejam focados apenas em celebrações e festejos de cunho eleitoreiro, gastando o que não tem sem o menor apego às prioridades, como a saúde, saneamento básico, segurança e educação no município. Essa reportagem, que parece ser paga, diz no parágrafo final que tudo foi patrocinado. O mínimo que esses administradores públicos tem que fazer é provar que foi patrocinado, indicando quem patrocinou e o valor de cada patrocínio.

Sitevip Internet