Olhar Direto

Terça-feira, 26 de março de 2019

Notícias / Política MT

Prefeitura inaugura novo espaço e concentra serviços tributários em um único lugar

Da Redação - Érika Oliveira

19 Jul 2018 - 15:25

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Prefeitura inaugura novo espaço e concentra serviços tributários em um único lugar
A Prefeitura de Cuiabá inaugurou no último mês o Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), que reunirá num único espaço todos os serviços tributários do município. O atendimento, que antes era realizado no prédio da Prefeitura, agora passa a ser feito em uma nova sede, onde funcionava o antigo Banco Bic. Conforme o secretário de Fazenda, Antônio Roberto Possas de Carvalho, a iniciativa deve trazer mais agilidade aos munícipes.

Leia mais:
Gestão prioriza equilíbrio fiscal e folha de pagamento consome R$ 64 milhões em Cuiabá, diz secretário de Fazenda

“Nós procuramos reunir num só local todo e qualquer atendimento com relação à arrecadação, para facilitar a vida do munícipe. Isso aí vem de encontro ao princípio da administração do prefeito Emanuel Pinheiro, que é humanizar os atendimentos. Lá vai funcionar a cobrança do IPTU, de ISS, de ITBI, de alvará, de dívida ativa. Quer dizer, nós vamos centralizar num só local a arrecadação de todos os tributos”, explicou o secretário.

O CIAC, que começou a funcionar há cerca de 20 dias, ainda está com as suas adequações em estágio final. A maioria dos serviços, no entanto, já estão sendo realizados, como a emissão de guias do ITBI, IPTU, ISS, dívida ativa, taxas de alvará, entre outros tributos. Os serviços prestados ainda incluem o setor de cadastro imobiliário e, futuramente, contará com os suportes da divisão mobiliária, além do auxílio da equipe de auditores fiscais, que atualmente é feito no prédio da Prefeitura.

Conforme Antonio Possas, a Secretaria de Fazenda também irá instalar no local, em breve, o Plantão Fiscal, uma espécie de “tira dúvidas” para contadores, corretores de imóveis e empresários, em relação ao pagamento de ISS ou qualquer outro tributo municipal, que possua uma ação fiscal em virtude de autos de infração.

“Por muitos anos deixamos os atendimentos relacionados ao fisco municipal completamente dispersos, espalhados na região central em pontos distintos. Isso acabou acarretando em uma burocratização na prestação do serviço público, uma vez que dificultava o acesso do cidadão a nós. Queremos romper com esses hábitos viciosos, que continuamente tornam o trabalho dos órgãos moroso e ineficiente”, avaliou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet