Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Notícias / Política MT

Pedro Taques lembra sua luta e afirma que votaria pelo impeachment de Dilma, se fosse deputado federal

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

02 Dez 2015 - 20:40

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Pedro Taques destaca que sempre exigiu investigação profunda dos escândalos denunciados no governo Dilma

Pedro Taques destaca que sempre exigiu investigação profunda dos escândalos denunciados no governo Dilma

O governador José Pedro Taques (PSDB) não demonstrou qualquer surpresa com o fato de o presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB), ter acatado a abertura do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff (PT). “Se eu fosse deputado federal, votaria a favor do impeachment”, afirmou ele, para a reportagem do Olhar Direto, na noite desta quarta-feira (2), após participar de evento alusivo ao Dia do Corpo de Bombeiros Militar, na área externa da Arena Pantanal, em Cuiabá.

Leia também:
Eduardo Cunha autoriza processo de impeachment de Dilma
 
“Só espero que não seja instrumento de chantagem [o pedido de impeachment]. Defendo que isso seja feito há tempos. O Brasil não pode continuar parado, em meio à crise econômica e à recessão”, argumentou ele. Taques lembrou que o país vai registrar decréscimo no Produto Interno Bruto (PIB), enquanto Mato Grosso tende a chegar a 2,9% de crescimento, no PIB de 2015.

“A crise econômica  tem que ser debelada e isso só é possível que resgate da credibilidade política”, afirmou Taques. Ele recordou sua história de defesa da ética fala por si, mas não quis passar qualquer orientação para a bancada de Mato Grosso na Câmara dos Deputados – dos oito parlamentares, apenas um é do PT (Ságuas Moraes).
 
Os deputados federais Carlos Bezerra (PMDB) e Ezequiel Fonseca (PP) também são da  base aliada, mas há tempos manifestam contrariedade com o Palácio do Planalto. Pedro Taques defende que o requerimento formulado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior, acatado pelo presidente da Câmara, seja dissecado pelos parlamentares. Um dos fundadores do PT, Bicudo entregou a Cunha em 21 de outubro.
 
No ano passado, quando disputou o governo de Mato Groso, Pedro Taques enfrentou a ira da Executiva Nacional do PDT para apoiar o presidenciável Aécio Neves (PSDB). Ele sempre teve coragem no enfrentamento com o PT, no Senado, muito  antes de sair candidato a governador.   

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gilmar Brunetto
    03 Dez 2015 às 20:01

    O Governador Pedro Taques perdeu a grande oportunidade de ficar calado.

  • Angelo
    03 Dez 2015 às 12:07

    Esperar o que desse aí? A patota dele é outra ... ele é coxinha e PSDB. .. o partido da sabotagem do Brasil

  • Papagaio
    03 Dez 2015 às 09:33

    Os reaças q negativaram minhas perguntas ao governador la embaixo poderiam responder algumas delas? Tenta aí gente.

  • JEFERSON MATOS
    03 Dez 2015 às 08:21

    Quando Dilma se candidatou a reeleição "axou" ,e esse achou é com xis mesmo, que iria governar apesar de todas a denúncias ( muitas comprovadas) contra o governo dela. O problema a meu ver é a incompetência dela, que está mais do que na cara que ela não sabe o que esta fazendo, virou uma coveira isso sim. Ela esta enterrando o país.

  • apolo
    03 Dez 2015 às 08:18

    Será que ele é a favor da cassação do Cunha que o partido dele elegeu como presidente da câmara? Além do mais não é nenhuma novidade ele apoiar a abertura do processo de impedimento afinal ele é "soldadinho raso".

  • Cidadão Atento
    03 Dez 2015 às 00:49

    Sou totalmente favorável ao impedimento da incompetente e moribunda presidente Dilma. Vou para as ruas, se for preciso. Só assim, haverá um feixe de luz nesse escuro e profundo túnel que o PT e a teimosa Dilma meteu o País. E quem afirma que não há motivos sólidos, que se aguardem as revelações bombásticas do delator Cerveró. Ou alguém imagina que o Delcídio fez a pataquada que fez sem o conhecimento da gerentona e do ensaboado molusco??!!! Impedimento JÁ, para o bem do País. E de quebra, ganharemos a cassação do cínico Eduardo Cunha. O Brasil, ao final, sairá melhor dessa lambança toda, com novos padrões de governança.

  • eduardo
    02 Dez 2015 às 23:54

    E precisava de tantas fotos do governador, a festa não era para os militares, pareceu book

  • Papagaio
    02 Dez 2015 às 22:45

    Libera os comentários aí, estagiário...

  • CURIMBA
    02 Dez 2015 às 22:31

    PARABÉNS PEDRO TAQUES, O SENHOR É ORGULHO DOS CUIABANO, ATÉ OS PROFESSORES QUE ERAM PETISTAS PULARAM FORA DO PETRALHAS SÓ FARTA O SINTEP, JÁ ESSE NUM LARGA O OSSO, CPI DO SINTEP JÁ!!!!!

  • André Silva
    02 Dez 2015 às 22:14

    SE FAZ NECESSARIO ESSE TANTO DE FOTOS? TA VIRANDO FACEBOOK O OD, INSTAGRAM? PRA QUE ESSE TANTO DE FOTOS? BRASILLLL ILLLL ILLLLLLL

Sitevip Internet