Olhar Direto

Quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Notícias / Cidades

Pontes serão fechadas em Barra do Garças às quinze horas desta quarta-feira

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

12 Dez 2012 - 11:54

Foto: Agua Boa News

Pontes serão fechadas em Barra do Garças às quinze horas desta quarta-feira
Terminou agora pouco uma reunião entre produtores e a direção do Sindicato Rural de Barra do Garças que confirmou a interdição das pontes Garças e Araguaia, na divisa de Mato Grosso e Goiás, às 15 horas desta quarta-feira (12). A classe ruralista barra-garcense decidiu aderir o movimento em solidariedade as sete mil famílias da gleba Suiá Missu, em Alto Boa Vista, que estão sendo despejadas desde o dia 10.

Produtores fecham BR e bloqueio deve chegar a Barra nesta quarta
Suiá Missú: Motoristas são liberados após ameaça de queimar caminhões


O presidente Rodrigo Ragiotto disse que o bloqueio será por duas horas, das 15 às 17 horas; e quinta-feira das 09 às 11 horas. “Nós queremos mostrar ao país, que a classe produtora de Mato Grosso é contra esse despejo e pede uma suspensão desta ação”, frisou. O sindicalista pediu a compreensão da população sobre o bloqueio das pontes e está divulgando o horário nas rádios e TVs para evitar mais transtornos.

Os produtores já fecharam a BR 158 em Ribeirão Cascalheira, Água Boa e Nova Xavantina. Segundo Ragiotto, exista uma mobilização para as rodovias também sejam bloqueadas em Primavera do Leste e Rondonópolis ainda hoje.  

Em Brasília, o vice-presidente da República, Michel Temer, ficou de conversar com a presidente Dilma sobre o assunto hoje e buscar uma saída para o impasse. Na gleba Suiá, os despejos persistem nas pequenas propriedades.

A área de 160 mil hectares ocupada há trinta anos pelos produtores rurais foi considerada reserva indígena e a Justiça Federal decidiu pela desocupação da área. A Força Nacional e o Exército estão com 200 homens cumprindo o despejo desde segunda-feira. 

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcio almeida
    13 Dez 2012 às 21:54

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Wellinton
    12 Dez 2012 às 14:59

    Pontes fechadas em Barra do Garças

  • Laerte Nogueira
    12 Dez 2012 às 14:56

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Laerte Nogueira
    12 Dez 2012 às 14:36

    Um inconsequente chamado Pedro Casaldáliga, é causador de todo este transtorno. E ainda tem entidades que apoiam a ideia de espalhador de discórdia.

  • edson
    12 Dez 2012 às 13:32

    vamos unir todos do estado para ajudar essas pessoa trabalhadora.vamos todos do estado de mt unir.sao trabalhadores nao vagabundos.nao vamos deixar essas familia desanparada.vamos ajudar vamos protestar

  • Políticos possuem fazendas em Suiá Missú confira lista dos proprietários
    12 Dez 2012 às 13:28

    O conflito na gleba Suiá Missu ou reserva indígena Marãiwatsédé em Alto Boa Vista expõe interesses de políticos por trás da disputa pela terra. Além do prefeito de São Félix do Araguaia Filemon Limoeiro (PSD) e da vice-prefeita eleita de Alto Boa Vista Irene Maria Rocha (PSD), a Irmã Irene, que já reconheceram possuir fazendas na região, ainda há outras lideranças políticas e até integrantes do Poder Judiciário Estadual, que detém propriedade sobre grande parte daquela área. Em entrevista ao RDTV desta quarta (12), o deputado estadual Baiano Filho (PMDB) citou o nome do desembargador Manoel Ornellas que estaria no rol das lideranças. Conforme dados divulgados pelo Ministério Público Federal, Ornelas teria 2 fazendas que somadas totalizam 886 hectares. Ainda de acordo com o MPF, também aparecem na lista o vereador por Rondonópolis Mohamed Zaher (PSD), o ex-prefeito de Alto Boa Vista Aldecides Cirqueira (DEM) e o irmão dele Antônio Cirqueira. Há ainda o ex-vice-prefeito de Alto Boa Vista Antônio Mamed Jordão com 6.193 hectares e o ex-vereador por Alto Taquari Admilson Luiz de Rezende com 3 áreas que somam 6.640 hectares.

  • Jonas Silva
    12 Dez 2012 às 13:08

    Estou achando isso muito engraçado. Recentemente os "produtores" esbravejaram contra a Polícia Rodoviária Federal por ter interrompido parcialmente a BR 158. Alegaram até o direito constitucional de "ir e vir". Falaram que era uma arbitrariedade fechar a Br. Agora, contraditoriamente, tomam a mesma atitude. Dá pra entende??? O certo é que há uma decisão judicial determinando a desocupação. Tem muitos políticos prometendo uma solução negociada. Isso não vai ocorrer. Isso é enganar o povo...

  • Luis Antonio
    12 Dez 2012 às 12:24

    Se a Justica abris excecao aos grileiros de terras do Alto de Boa Vista, abrira um perigoso precedente, ou seja, o descumprimento a ordem judicial sera geral. ORDEM JUDICIAL DADA,, ORDEM CUMPRIDA, NEM QUE SEJA A AFORCA. Parabens MPF. PF, PRF, PMMT, e Forca Nacional. Cacete neles.

Sitevip Internet