Olhar Agro & Negócios

Sábado, 24 de fevereiro de 2024

Artigos

​Safra 2022/2023 acendeu alerta vermelho para logística e armazenagem de grãos em MT

O estado de Mato Grosso tem elevado anualmente sua produção de soja e milho, contribuindo desta forma, para o aumento das exportações destes produtos, principalmente para a China.

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta que somente entre soja e milho Mato Grosso deve somar 90,73 milhões toneladas nesta safra (2022/23), caracterizando mais uma produção recorde para o Estado.

Mas, nem tudo são rosas. No início da colheita deste ano Mato Grosso enfrentou problemas enormes e diversos fatores contribuíram para isso, como por exemplo, o clima.

As águas das chuvas que atingiram as principais regiões produtoras do Estado criaram um acúmulo e concentrou o volume da colheita, congestionando as rodovias e portos, que também tiveram, no início da safra, grandes problemas com o carregamento dos navios. Vale lembrar que o carregamento dos navios é imediatamente interrompido quando chove, porque corre um sério risco de deteriorar o produto que é carregado a granel.

Essa adversidade refletiu na desvalorização do valor do prêmio - que é o valor que corrige os valores negociados nas Bolsas de futuros, como a Bolsa de Chicago, para o valor das negociações do produto físico.

Esses contratempos que aconteceram nesta safra foram decisivos para trazer à tona que não podemos pensar somente em aumentos de área e consequentemente da produção, temos que nos preocupar a resolver urgentemente as deficiências de logística, armazenagem e transporte dos produtos.

Apesar da alta produção de soja e milho no Estado, a capacidade de armazenagem para a safra atual está em 44,78 milhões de toneladas, aumento de 8,80% ante o ciclo 2021/22, em função disso, o déficit de armazenagem está projetado em 64,09 milhões de toneladas, de acordo com o Imea.

Entre uma das soluções diante desse cenário, está o programa Armazena MT criado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) que visa fomentar a construção de armazéns e desburocratizar o acesso ao crédito para o agricultor.

Outra solução será lançada em breve pelo O SIMConsult. É um aplicativo inédito que irá facilitar a troca de produtos (Soja e Milho) evitando o contrafluxo nas estradas, que colaborará com a logística de escoamento propiciando redução de custos.

Não são soluções resolutivas e sim que amenizam parte do atual problema. Ainda assim é preciso um olhar mais atento do Governo Federal e Estadual para sanar essas deficiências.


João Augusto Birkhan, CEO do SIM Consult, possui vasta experiência no setor produtivo quando o assunto é mercado e logística de exportação de grãos 
Sitevip Internet