Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 23 de julho de 2019

Notícias / Leilões

Mato Grosso negocia pouco mais de 500 toneladas de borracha em leilão do Pepro

Da Redação - Viviane Petroli

23 Nov 2014 - 09:00

Foto: Reprodução/Internet

Mato Grosso negocia pouco mais de 500 toneladas de borracha em leilão do Pepro
Mato Grosso negociou apenas 508,7 toneladas de borracha em mais um leilão do Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural e/ou sua Cooperativa (Pepro), realizado nesta sexta-feira (21). A quantidade resultou em R$ 203,5 mil em borracha negociadas pelo estado. O volume leiloado equivale, segundo a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), a 50,88% das mil toneladas ofertada no certame.

Este foi o segundo pregão da borracha realizado pelo governo federal. O primeiro ocorreu no dia 30 de outubro quando 580,9 toneladas foram leiloadas, sendo 35 toneladas de Mato Grosso.

Leia mais
Mato Grosso tem recorde de embarque de algodão com falta de produto nos EUA
900 mil alevinos serão desovados na Estação de Piscicultura da Empaer para recria e engorda de espécies

Participaram deste novo leilão cinco estados que juntos ofertaram 10,7 mil toneladas, porém comercializaram apenas 1,6 mil toneladas, resultando em um prêmio de R$ 848,5 mil.

Mato Grosso, revela a Conab, foi o terceiro estado que mais produto ofertou, porém é o segundo com melhor resultado de negociação. São Paulo levou a leilão 6,7 mil toneladas de borracha, contudo comercializou apenas 823,5 toneladas. Já a Bahia ofertou 1,9 mil toneladas e vendeu 8,8 toneladas.

Os produtores, de acordo com a Conab, possuem até o dia 26 de dezembro para comprar a realização da venda da borracha e até o dia 26 de abril de 2015 para comprovar a operação.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet