Olhar Agro & Negócios

Domingo, 18 de agosto de 2019

Notícias / Política

Pedro Taques busca apoio no MDIC ao participar da posse de novo ministro

Da Redação - Viviane Petroli

08 Jan 2015 - 08:00

Foto: José Paulo Lacerda

Pedro Taques busca apoio no MDIC ao participar da posse de novo ministro
O aumento da produtividade industrial é apenas uma das metas do novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, que assumiu a pasta na tarde de quarta-feira (07). Segundo o governador Pedro Taques o planejamento do novo ministro vem de encontro com as propostas de governo para Mato Grosso.

O governador Pedro Taques participou da solenidade de transmissão de cargo no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), juntamente com secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo, e o deputado federal Fábio Garcia. De acordo com o governador mato-grossense, a simplificação tributária é apenas uma das suas propostas para o Estado.

Leia mais:
Nova política de incentivos fiscais deverá ser apresentada em janeiro, aponta Contrato de Gestão
“Um dos desafios do novo governo é voltar a ter credibilidade com o empreendedor”, declara Seneri Paludo

"Temos um bom diálogo com o ministro e a certeza que o Governo Federal irá ajudar nosso Estado no desenvolvimento industrial", declara Taques.

Armando Monteiro é ex-senador e ex-presidente da Confederação Nacional das Indústrias. A meta de elevar a produtividade industrial é decorrente aos últimos resultados de participação do segmento no Produto Interno Bruto (PIB) que caiu de 25% para 14% nos últimos 30 anos. Outra meta do novo ministro é quanto ao lançamento de um plano para estimular as exportações, nos próximos dias, diante a queda de preço das commodities, bem como a perda de competitividade da indústria brasileira.

Como o Agro Olhar já comentou a política tributária e de incentivos fiscais em Mato Grosso passam por revisão. Por 90 dias está suspensa a concessão de novos incentivos fiscais em Mato Grosso. Conforme o Contrato de Gestão dos primeiros 100 dias, assinado entre o governador Pedro Taques e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo, uma proposta de nova política de incentivos fiscais deverá ser apresentada até o dia 30 de janeiro pelo secretário, além de uma nova política tributária para Mato Grosso até o dia 30 de março.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelam que dos R$ 80,830 bilhões registrados no PIB 2012 a participação da indústria era de apenas 15,8%.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet