Olhar Agro & Negócios

Domingo, 15 de setembro de 2019

Notícias / Política

Taques determina estudo para viabilidade de investimento na ZPE de Cáceres

Da Redação - Viviane Petroli

21 Jan 2015 - 09:05

Foto: José Medeiros/Secom-MT

Taques determina estudo para viabilidade de investimento na ZPE de Cáceres
O governador Pedro Taques determinou a realização de um estudo para identificar a viabilidade de investimentos na Zona de Processamento e Exportação (ZPE) de Cáceres. As estimativas são de R$ 12 milhões e o resultado deverá ser apresentado em 10 dias pelo secretário de Fazenda, Paulo Brustolin. A ZPE existe há 25 anos e até hoje não saiu de fato do papel.

A ZPE de Cáceres é uma área de livre comércio com o exterior e tem como objetivo ampliar as exportações mato-grossenses não apenas no setor primário. A determinação de Taques quanto ao estudo para identificar a viabilidade de investimento na ZPE é apenas um dentre uma série de ações a serem elaboradas para expandir o desenvolvimento econômico do Estado.

A expansão econômica, principalmente industrial, foi debatida na terça-feira (20) durante reunião com secretários, o prefeito de Cáceres e representantes de entidades do comércio, indústria e setor produtivo.

Leia mais:
MT Gás e Metamat podem ser extintas; Permanências são avaliadas
Incentivos fiscais concedidos para empresas são alvo de pente-fino em Mato Grosso

Além de ressaltar a questão da desindustrialização, vivida por Mato Grosso, o governador ressaltou a criação de uma agenda de desenvolvimento econômico com o objetivo de atrair novos investimentos para o Estado. Para Taques a concretização da ZPE de Cáceres é uma das formas de trazer novos investimentos, não apenas com impactos para a região Oeste, porém para todo o Estado. "Precisamos abrir o campo para o oeste e, para isso, já fizemos contato com o embaixador da Bolívia e ele virá junto com o governador de Mato Grosso do Sul para uma agenda sobre o desenvolvimento da fronteira do Brasil com aquele país”, declarou Taques durante a reunião.

A área destinada para a implantação da ZPE de Cáceres possui 239 mil hectares e está localizada no Distrito Industrial o município. Até o primeiro semestre de 2013, cerca de 22 empresas de diversos ramos haviam apresentado interesse em instalar-se no local. O governo de Mato Grosso é o maior acionista da zona de processamento.

“Hoje tivemos a satisfação de ouvir do governador que a ZPE passa a ser uma realidade. Nossas indústrias estão mudando para o Paraguai em função dos incentivos que têm lá. Então, com a criação da ZPE, com certeza essas indústrias poderão retornar para Mato Grosso gerando emprego, renda e impostos”, declarou o prefeito de Cáceres, Francis Mari, durante a reunião.

Incentivos fiscais serão debatidos

De acordo com o governador Pedro Taques, diante as medidas tomadas para tratar as questões dos incentivos fiscais recentemente, declarou que a intenção é debater junto dos setores empresariais formas de atração de novos investimentos, evitando assim a desindustrialização de Mato Grosso.

“O que precisamos é desenvolver dentro do Estado uma política de atração de investimento, onde o incentivo fiscal entra como ferramenta para isso. Outro conceito é: não vamos construir essa nova política de forma unilateral. Por isso vamos convidar o setor empresarial para nos ajudar nesse modelo”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo na ocasião.

Na oportunidade Pedro Taques reforçou a reativação do Conselho do Contribuinte, bem como o de Desenvolvimento de Mato Grosso e o do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet