Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias / Leilões

Justiça Federal leiloa duas mil cabeças de gado apreendidas em operação da PF

Conforme a assessoria da empresa leiloeira, serão ofertados bezerras, novilhas, garrotes, vacas, bois e touros, sendo animais de corte, localizados nas cidades de Alta Floresta, Nova Canaã do Norte e Itaúba, todas na região Norte de Mato Grosso, por valor abaixo do que o ofertado no primeiro leilão, feito em 21 de janeiro.

De Sinop - Alexandre Alves

30 Jan 2015 - 15:22

Foto: Imagem ilustrativa

Justiça Federal leiloa duas mil cabeças de gado apreendidas em operação da PF
A Justiça Federal vai leiloar, na próxima segunda-feira (2), mais de duas mil cabeças de gado Nelore apreendidas em Mato Grosso durante a operação “Denarius”, da Polícia Federal, realizada em dezembro de 2014. A investigação desarticulou uma organização criminosa com base em Umuarama (PR), que realizava tráfico internacional de drogas.

Conforme a assessoria da empresa leiloeira, serão ofertados lotes de bezerras, novilhas, garrotes, vacas, bois e touros, sendo animais de corte, localizados nas cidades de Alta Floresta, Nova Canaã do Norte e Itaúba, todas na região Norte de Mato Grosso, por valor abaixo do que o ofertado no primeiro leilão, feito em 21 de janeiro.

Leia mais:
Setor produtivo revela apreensão com novo governo Dilma
Safra 14/15 da soja será de desafios frisa setor produtivo em lançamento oficial da colheita; veja fotos

O leiloeiro oficial será Luiz Balbino da Silva. Os lances presenciais podem ser dados durante o leilão, no dia 2 de fevereiro, às 14h, no Fórum de Alta Floresta. Os interessados também poderão fazer arremates pelo site do leiloeiro. Para lances eletrônicos, é necessário fazer cadastro antecipado no site.

A maioria dos lotes é composta por 100 cabeças. O valor mínimo - no primeiro leilão - para bezerra foi de R$ 67,500 (média de R$ 675 por animal). Para os lotes de novilha, o lance era de R$ 90 mil (média de R$ 900 por cabeça). Para lotes com 100 garrotes, lance mínimo de R$ 105 mil e, de 100 bois gordos, de R$ 117 mil.

A Operação Denarius

Ao todo foram apreendidos diversos bens, cuja soma ultrapassa R$ 60 milhões, aplicados prioritariamente em imóveis, cabeças de gado, veículos e aeronaves. À frente desta operação está o juiz Sérgio Moro, de Curitiba, que também responsável pela Operação Lava Jato, investigando um grande esquema de lavagem e desvio de dinheiro envolvendo a Petrobrás, grandes empreiteiras do país e políticos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet