Olhar Agro & Negócios

Domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias / Indústria

Abiove "repudia as ações violentas" de caminhoneiros com intuito de tabelar o frete

Da Redação - Viviane Petroli

23 Fev 2015 - 11:35

Foto: MT Notícias

Caminhoneiros em Sorriso abriram bicas de caminhões cujos motoristas não aderiram a greve na noite de sábado (21), o que fez a soja carregada se esparramar no asfalto

Caminhoneiros em Sorriso abriram bicas de caminhões cujos motoristas não aderiram a greve na noite de sábado (21), o que fez a soja carregada se esparramar no asfalto

Apesar de entender e apoiar as demandas do setor do transporte de cargas quanto a redução de custos, a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) "repudia as ações violentas dos transportadores pelas rodovias BR 163 e BR 364 com o objetivo de tabelar fretes rodoviários". Em nota a Associação das indústrias de soja, declara que o tabelamento do frete contraria o princípio da livre concorrência.

Em alguns municípios de Mato Grosso e outros Estados, que estão em protesto, alguns manifestantes chegaram a abrir bicas de carretas, cujos motoristas não aderiram ao movimento, esparramando soja e farelo de soja.

Leia mais:
Reunião na Sefaz irá discutir redução do ICMS do óleo diesel nesta segunda
Caminhoneiro é preso após abrir compartimento de caminhões estacionados que não aderiram ao protesto

De acordo com a Abiove, a paralisação pode afetar o escoamento da safra de soja e milho. "Esses procedimentos levam à perda de produtos e à paralisação de recebimento e embarque de mercadorias", declara a Associação em nota.

“A Abiove reitera a importância de um entendimento entre os grevistas e os governos federal e estadual para que o transporte de granéis volte à normalidade em um período crucial para o escoamento da produção de soja e milho no principal centro produtor do País”, frisa a Associação.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet