Olhar Agro & Negócios

Domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias / Emprego

Senar-MT integra projeto de inserção de pessoas em situação vulnerável ao mercado de trabalho

Da Redação - Viviane Petroli

30 Jun 2015 - 13:51

Foto: José Medeiros/GCom-MT

Senar-MT integra projeto de inserção de pessoas em situação vulnerável ao mercado de trabalho
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) firmou parceria com o governo de Mato Grosso e passou a compor o "Emprega Rede" voltado para a inserção de pessoas em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho. O Senar-MT irá ofertar aproximadamente mil vagas de capacitação divididas em qualificações em núcleos avançados e capacitações do Pronatec.

O 'Emprega Rede' foi lançado nesta segunda-feira (29) pelo governo de Mato Grosso e será coordenado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).

De acordo com a Setas, o 'Emprega Rede' é o primeiro programa de inclusão produtiva em rede do Brasil. Fazem parte do programa, além do Senar, o Senai e o Senac. Juntas as três entidades ofertarão 5.100 vagas para cursos gratuitos de qualificação. Somente através do Senar-MT serão ofertadas 530 vagas nas qualificações em núcleos avançados da entidade e 370 por capacitações do Pronatec.

Leia mais:
Vitrine da Carne será realizada em oito exposições de Mato Grosso
Recuperandos de Sorriso recebem curso de beneficiamento de soja

Ainda segundo a Setas, sete empresas assinaram termo de adesão ao programa: Forte Comercial Ltda, Goiano Atacado de Frutas e Verduras Ltda, Industrial e Comercial Almeida Ltda, Norte Sul, Norte Sul Real Distribuidora e Logística Ltda, Sborchia Indústria e Comércio de Papés Ltda e Suprilev Comércio e Distribuidora Ltda.

“Agradeço a participação e a credibilidade da iniciativa privada, o que atesta que o Estado de Mato Grosso não é só o órgão executivo. Todos nós somos responsáveis pela transformação deste estado”, destacou o governador Pedro Taques, salientando que o 'Emprega Rede' visa a redução da desigualdade entre os mato-grossenses. “As pessoas em condições de vulnerabilidade, cidadãos em condições de dificuldade, devem merecer um tratamento diferenciado. São as chamadas ações afirmativas, discriminações positivas em que o Estado busca equiparar estas situações que são de desigualdade. E é isto que propõe o Emprega Rede”, completou em seu discurso.

"O Senar sempre conta com parcerias para desenvolver seu trabalho. Portanto, é muito importante nossa participação nesse programa, sobretudo no levantamento das demandas, o que, junto dos sindicatos rurais, estaremos fazendo para identificar as pessoas a serem capacitadas", comentou a gerente de Educação Profissional Rural do Senar-MT, Tatiane Perondi.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • cuiabano
    30 Jun 2015 às 19:38

    tomara que ofereçam cursos em que as pessoas possam ir pra frente, não de pião, camareira..outro dia tinha curso até de boneca...pelo amor de Deus como é que o pobre vai pra frente? e convidem tbém para as pomposas festas que ocorrem no senarium rural...com a palavra rui - pré candidato- prado

Sitevip Internet