Olhar Agro & Negócios

Domingo, 17 de novembro de 2019

Notícias / Geral

Lojistas apostam em aumento de 50% nas vendas com novo Shopping Popular; veja fotos

Da Redação - Viviane Petroli

21 Jul 2015 - 11:23

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Lojistas apostam em aumento de 50% nas vendas com novo Shopping Popular; veja fotos
Os lojistas do Shopping Popular apostam em um aumento de aproximadamente 50% nas vendas no local com a nova infraestrutura, que traz mais segurança para os associados e consumidores, bem como comodidade. Entre o novo shopping e a revitalização do Complexo Dom Aquino foram investidos R$ 27 milhões.

A inauguração do Novo Shopping nesta terça-feira (21) significa “um momento de virada de página e superação”, como destacado pelo presidente da Associação dos Camelôs do Shopping Popular, Misael Galvão.

A construção de um novo espaço só foi possível em decorrência a um contrato de concessão de 30 anos com a Prefeitura de Cuiabá, que pode ser renovado para mais 30 anos. Em contrapartida o Shopping Popular reformou o Complexo Dom Aquino, o qual ficará a seu cargo a manutenção do mesmo.

Leia mais:
Novo Shopping Popular de Cuiabá deve ser concluído em abril; veja fotos
Dez mil pessoas são esperadas em inauguração do novo Shopping Popular de Cuiabá

“Isso gera tranquilidade para trabalharmos. São duas obras para a sociedade”, frisou Misael Galvão durante a inauguração nesta manhã.

Com a nova estrutura, que conta com praça de alimentação, por exemplo, o número de box (lojas) foi ampliado de aproximadamente 400 para em torno de 500, divididos em dois andares.

“Este exemplo de parceria e de empreendimento é exemplo para o Brasil. Isso é obra da crença e convicção de cada empreendedor. O novo Shopping Popular é e será um dos maiores centros comerciais de Cuiabá”, pontuou o prefeito Mauro Mendes.

De acordo com o governador Pedro Taques, uma reunião entre a diretoria da Associação dos Camelôs do Shopping Popular e o governo de Mato Grosso foi realizada recentemente para discutir o que se possa, através do MT Fomento e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, fazer para auxiliar os empreendedores do Shopping Popular. “O que vemos aqui é vontade de mudar”.

Há 20 anos trabalhando no Shopping Popular na venda de óculos e relógios Moises Teixeira de Sousa acredita que as vendas no local podem crescer cerca de 50%. “Fui um dos primeiros a sair do centro e vir para cá. A nova estrutura traz segurança. Acredito que as vendas possam crescer, pois há mais espaço, praça de alimentação, área de lazer e ambiente climatizado”.

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • luciano
    22 Jul 2015 às 14:03

    agora poderemos ter notas fiscais e garantia?

  • carlos
    22 Jul 2015 às 08:22

    vão emitir NOTA FISCAL?

  • carlos
    22 Jul 2015 às 08:20

    agora vão emitir nota fiscal? ou vão fazer vista grossa?

  • alrex
    21 Jul 2015 às 19:41

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • alexandre
    21 Jul 2015 às 17:09

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • luiz
    21 Jul 2015 às 16:56

    Algumas perguntas basicas: quem custeou esta obra, os próprios camelos? Esse pessoal vai pagar imposto, pois a prefeitura judia tem quem tem um comercio na rua e não é justo que eles sejam isentos? O que o Pedro T. estava fazendo nesta inauguração, visto que a princípio não dinheiro do Estado, só queria aparecer ? Quem pagou pela inauguração?

  • Luciano
    21 Jul 2015 às 15:55

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jorge Luiz
    21 Jul 2015 às 14:53

    Ótimo, tudo bonito, mas a pergunta que não quer calar é "Os camelôs vão pagar taxas, tributos, ICMS e outros impostos como os proprietários de empresas e comércio?" ou será que Pedro Traques e Mauro Mendes vão isentar esse pessoal de tais emolumentos?

  • Vitor
    21 Jul 2015 às 14:53

    Agora só falta eles emitirem notas fiscais dos produtos !

  • MARIA ESTELA
    21 Jul 2015 às 14:42

    INVERSÃO DE VALORES.

Sitevip Internet