Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Notícias / Emprego

Indústria da madeira e mobiliário contratam 10% a menos em Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

23 Jul 2015 - 11:47

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Indústria da madeira e mobiliário contratam 10% a menos em Mato Grosso
O atraso na liberação de projetos de manejo florestal sustentável (PMFS) é um dos principais fatores para a retração de 10,59% nas admissões na indústria da madeira e do mobiliário em Mato Grosso. O atraso nas liberações retraiu a produção afetando a geração de emprego e renda no estado, especialmente em 15 municípios cuja atividade econômica principal é a produção de madeira.

Em 2015, no primeiro semestre, o setor da indústria da madeira e do mobiliário registrou 4.683 admissões apenas, volume inferior as 5.238 verificadas em 2014, segundo levantamento do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Em termos demissões em 2015 foram 4.702, enquanto em 2014 haviam sido 5.253.

Leia mais:
Geração de emprego foi 56,3% menor no primeiro semestre de 2015 em Mato Grosso
Soluções para problemas causados pela IN 21 são debatidas pelo Cipem e FNBF

Entretanto, ao se comparar a evolução da diferença entre contratação e demissão constata-se que em 2015 foram realizados o desligamento de 19 postos de trabalho a mais que efetivações. Em 2014 os registros mostravam 15 demissões a mais que contratações.

O presidente do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), Geraldo Bento, explica que o atraso na liberação de projetos de manejo florestal sustentável (PMFS) está afetando a cadeia produtiva da base florestal e com a queda na produção postos de trabalham acabam sendo extintos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet