Olhar Agro & Negócios

Sábado, 27 de fevereiro de 2021

Notícias / Indústria

Isonomia ao setor frigorífico em Mato Grosso começa a valer em 1º de setembro

Da Redação - Viviane Petroli

20 Ago 2015 - 08:00

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Isonomia ao setor frigorífico em Mato Grosso começa a valer em 1º de setembro
A isonomia para o setor frigorífico pecuário em Mato Grosso entra em vigor no dia 1º de setembro. A reformulação do tratamento tributário para o segmento consta no Decreto nº 231, de 19 de agosto, publicado no Diário Oficial do Estado que circula nesta quinta-feira (19).

A garantia de isonomia ao setor frigorífico e alterações da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre as vendas interestaduais para o segmento foi anunciada no início do mês de agosto pelo Governo de Mato Grosso.

Leia mais:
Governo do Estado garante isonomia ao setor frigorífico e altera alíquotas de ICMS
Fechamento de frigoríficos impacta na economia do Estado, afirmam especialistas

Como o Agro Olhar comentou na ocasião, as indústrias frigoríficas terão carga tributária linear de 2% até o final de 2015, período em que o governo vai avaliar o comportamento do mercado. A alíquota para boi em pé continua sendo de 7%.

Na ocasião do anuncio dos "benefícios" o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Seneri Paludo, destacou que a unificação da alíquota aos frigoríficos visa promover isonomia ao setor e assim possibilitar a competitividade igualitária, tanto dentro do estado quanto em relação às plantas de outras unidades da federação, além de promover segurança para novos investimentos.

Confira aqui o Decreto nº 231, publicado no Diário Oficial do Estado, que circula nesta quinta-feira (20).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet