Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 09 de abril de 2020

Notícias / Emprego

Mato Grosso registra saldo negativo em contratações após 10 anos de alta

Da Redação - Viviane Petroli

24 Out 2015 - 09:25

Foto: Reprodução / Ilustração

Mato Grosso registra saldo negativo em contratações após 10 anos de alta
Mato Grosso registrou em setembro o pior saldo de contratações para o mês. No nono mês de 2015 foram "eliminados" 1.213 postos de trabalho. Desde 2006 é a primeira vez que o estado constata tal resultado. O último saldo negativo havia sido constatado em 2005 quando gerou-se 1.254 demissões a mais que contratações. A agropecuária foi o único setor a registrar saldo positivo.

O desempenho foi divulgado nesta sexta-feira, 24 de outubro, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por meio do Cadastro Geral de Empregos e Desempregos (Caged). No Brasil foram 95.602 empregos eliminados durante o mês de setembro.

Leia mais:
Na contramão do Brasil, Mato Grosso registra saldo positivo de contratações em 2015

Em setembro de 2014 haviam sido geradas 74 vagas, em 2013 2.449 postos de trabalhos e o maior pico positivo de 3.396 vagas em setembro de 2008 em Mato Grosso.

Segundo o levantamento, o setor da agropecuária foi o único com saldo positivo com geração de 587 vagas. A construção civil foi a que mais demitiu. Foram 1.155 postos de trabalhos a menos.

O Caged revela que o comércio eliminou 314 postos de trabalhos e o setor de serviços 197. Já a construção civil 187.

Municípios

Entre os municípios Sorriso ficou em primeiro lugar com geração de 193 novas vagas de trabalho, seguido de Pontes e Lacerda com 75 e Colíder com 54. O pior desempenho foi constatado em Cuiabá com 1.184 empregos celestiais eliminados.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet