Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 06 de dezembro de 2019

Notícias / Leilões

Governo federal deve leiloar até 500 mil t de milho; 95% é de Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

26 Jan 2016 - 09:12

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Governo federal deve leiloar até 500 mil t de milho; 95% é de Mato Grosso
O governo federal autorizou a venda de até 500 mil toneladas de milho dos estoques públicos. Deste volume, em torno de 95% é proveniente de Mato Grosso. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que assina a realização dos leilões, a medida é necessária devido ao alto preço do produto no mercado disponível. Hoje, a saca de 60 quilos de milho em Mato Grosso é encontrada em média a R$ 20,77, atingindo picos de R$ 25,30 em Alto Araguaia.

Na última semana o governo federal havia autorizado à venda, por meio de leilão, de 150 mil toneladas. As demais 350 mil toneladas serão comercializadas ainda nesta safra.

Leia mais:
Conab leiloa 145,6 mil t de milho de Mato Grosso para criadores

O Ministério da Agricultura revela que a comercialização do cereal de estoques públicos foi aprovada pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos (CIEP), formado pelo próprio Mapa e os Ministérios da Fazenda, Desenvolvimento Agrário e Casa Civil.

Conforme a Resolução nº 01/2016, publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.), que circulou nesta segunda-feira, 25 de janeiro, o Preço de Liberação de Estoques (PLE) de milho é de R$ 17,50 a saca de 60 quilos em Mato Grosso. O valor, explica o Ministério da Agricultura, define o parâmetro de intervenção do governo federal nas vendas de estoques. O Ministério ressalta ainda que o preço de abertura dos leilões será divulgado dois dias antes do certame.

O produto é destinado para criadores de aves, suínos e bovinos, além de cooperativas e indústrias de insumo para ração animal e indústrias de alimentação humana à base de milho.

Pelas regras da Política de Garantia de Preço Mínimo (PGPM), "o governo federal tem autonomia para vender estoques públicos quando o preço de mercado está acima do Preço de Liberação de Estoque", explica o Ministério da Agricultura. Hoje, no Brasil o preço da saca de 60 quilos de milho no mercado disponível está acima de R$ 17,50.

“Entendo que a venda dos estoques governamentais de milho é a medida mais correta e oportuna para este momento em que o preço do cereal subiu muito devido à entressafra. Esse leilão vai dar um alívio ao mercado e tranquilidade aos consumidores", afirma André Nassar, ministro interino da Agricultura.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet