Olhar Agro & Negócios

Domingo, 15 de setembro de 2019

Notícias / Indústria

Montadora do RS investirá R$ 20 mi em Campo Verde até 2019

Da Redação - Viviane Petroli

14 Abr 2016 - 16:00

Foto: Prefeitura de Campo Verde

Unidade da Maxloader em Campo Verde terá capacidade para montar duas máquinas por dia.

Unidade da Maxloader em Campo Verde terá capacidade para montar duas máquinas por dia.

A montadora de máquinas da chamada linha amarela (escavadeiras, carregadeiras, retroescavadeiras, compressores e outros) Maxloader, com sede em Passo Fundo (RS), investirá R$ 20 milhões em uma unidade com venda e montagem em Campo Verde até 2019. A empresa será instalada em uma área na saída para Dom Aquino e terá capacidade para montar duas máquinas por dia.

O contrato de permuta entre a empresa e o prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter, foi assinado no dia 08 de abril anunciando os investimentos no município.

Durante a assinatura do contrato, o sócio-proprietário da Maxloader, Raul Pedro Biazus, revelou que inicialmente serão instalados em uma área de mil metros quadrados os setores administrativos, área de vendas e de montagem, cujos investimentos variam entre R$ 6 e R$ 7 milhões.

Leia mais:
Grupo chinês pode investir mais de US$ 20 bi em Mato Grosso e Taques apresenta potenciais

As obras devem iniciar em junho ou julho e a previsão é começar em 2016 ainda os trabalhos de montagem das máquinas.

Os equipamentos produzidos em Campo Verde, segundo o empresário, atenderão as regiões Centro-Oeste, Norte e parte da região Nordeste.

Na unidade mato-grossense serão montados três modelos de máquinas: a Max 916, com peso operacional de 5 toneladas, a Max 936, com peso operacional de 10 toneladas e a Max 956, com peso operacional de 15 mil quilos. Para 2018, o projeto é montar também empilhadeiras mecânicas.

Negociações

As negociações para a instalação da Maxloader em Campo Verde tiveram início em 2015 durante visita do prefeito Fábio Schroeter a feira Expointer, que ocorre na região metropolitana de Porto Alegre (RS).

“Vistamos a feira com o objetivo de prospectar a vinda de empresas para Campo Verde e quando soubemos que a Maxloader pretendia se instalar em Mato Grosso, imediatamente entramos em contato com o senhor Raul”, explica o prefeito de Campo Verde.

O sócio-proprietário da empresa, Raul Pedro Biazus, comenta que outros municípios de Mato Grosso pleiteavam a instalação da Maxloader, contudo a atuação da Prefeitura de Campo Verde foram fundamentais na hora da escolha.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • rita lobo
    15 Abr 2016 às 10:35

    Pena que Barra do Garças nunca está prospectando nada!!! Prefeito atrasado e secretário sem apoio.

Sitevip Internet