Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Notícias / Indústria

Situação econômica do país leva confiança do empresário industrial a cair em Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

27 Abr 2016 - 08:00

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Situação econômica do país leva confiança do empresário industrial a cair em Mato Grosso
O empresário industrial mato-grossense segue com a confiança baixa diante o andamento da situação econômica e política do Brasil. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) mato-grossenses em abril manteve-se abaixo da linha divisória registrando apenas 36 pontos de confiança. No Brasil a média de confiança ficou em 36,2 pontos.

Comparado ao mês de março há um recuo de 4,1 pontos e a abril do ano passado "estabilização". Em abril de 2015 o Índice foi de 35,6 pontos.

O relatório aponta que apesar da confiança estar abaixo da linha média, houve variação positiva do indicador de 37,4 pontos para 38,3 pontos para pequenas empresas e de 34,9 pontos para 35 pontos para médias e grandes empresas no comparativo de abril de 2015 com 2016. Em fevereiro as pequenas haviam registrado 37,2 pontos de confiança e as médias e grandes 41,3 pontos.

Leia mais:
Com fechamento de indústrias, mais de 12% do gado mato-grossense é abatido fora do estado e há fila para abate

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) é divulgado mensalmente pela Federação da Indústria de Mato Grosso (Fiemt). Por segmento constata-se um decréscimo de 32,8 pontos de confiança em abril de 2015 para 27 pontos em 2016 na indústria da construção. Em fevereiro eram 28,3 pontos. Nas indústrias extrativas e de transformação houve alta de 36,3 pontos para 38 pontos de um ano para outro, conduto em fevereiro foram registrados 42,2 pontos.

As condições da economia brasileira não estão ganhando a confiança do setor empresarial da indústria mato-grossense, mesmo apontando leve incremento de 17,5 pontos em abril do ano passado para 19,5 pontos em 2016. Quanto ao Estado a confiança saltou de 24,6 pontos para 25 pontos. Na empresa a confiança atual, contudo, caiu de 32,6 pontos para 31,2 pontos.

Expectativas

As expectativas dos industriais mato-grossenses para os próximos seis meses continuam pessimistas. No que tange a economia brasileira a confiança de melhora ficou em 31,6 pontos, enquanto para o Estado 39,7 pontos e a empresa 44,9 pontos.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • marta
    27 Abr 2016 às 09:46

    Isso é só o começo....espere os verdadeiros corruptos assumirem. E vamos pensar um pouco...quem é o verdadeiro responsável por esta crise criada e manipulada dia e noite? Quem não permite que o governo trabalhe desde o primeiro dia após as eleições. Acordem.....vai piorar, podem ter certeza!

  • Juca do Pequi
    27 Abr 2016 às 08:30

    O PT e catrefa acabaram com o Brasil. Silval e sua laia acabaram com Mato Grosso. Estamos no mato sem cachorro!

Sitevip Internet