Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Notícias / Capacitação

Treinamentos voltados para produção de hortaliças ocorrem em 16 municípios

Da Redação - Viviane Petroli

01 Set 2016 - 10:18

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Treinamentos voltados para produção de hortaliças ocorrem em 16 municípios
Olericultura orgânica, produção de hortaliças folhosas e produção de tomate, pimentão, pimenta, berinjela e jiló são alguns dos treinamentos na área de olericultura a serem realizados em 16 municípios neste mês de setembro. As capacitações, gratuitas, serão ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). A carga horária é de 40 horas e para participar basta ter idade mínima de 18 anos e ter noções básicas de matemática.

A olericultura abrange as culturas folhosas, raízes, bulbos, tubérculos e frutos diversos. Ao todo são oito treinamentos voltados para a cadeia produtiva ofertados pelo Senar-MT.

Leia mais:
Aproveitamento de babaçu passa a integrar portfólio do Senar-MT

Segundo a entidade, os treinamentos abordam olericultura básica; olericultura orgânica; cultivo protegido para olerícolas; hidroponia; produção de hortaliças folhosas; produção de quiabo e cucurbitáceas; produção de raízes, tubérculos e bulbos e produção de tomate, pimentão, pimenta, berinjela e jiló.

Em setembro, 16 treinamentos voltados para a olericultura serão realizados nos municípios de Juscimeira, Arenápolis, Araputanga, Rosário Oeste, Denise, Nossa Senhora do Livramento, Primavera do Leste, Vila Bela da Santíssima Trindade, Santo Antônio do Leverger, Tangará da Serra, Cáceres, Santa Cruz do Xingu, Alto Araguaia, São José dos Quatro Marcos, Tabaporã e Dom Aquino.

Conforme o Senar-MT, os treinamentos possuem carga horária de 40 horas. O conteúdo engloba pesquisas diversas, instalação da horta; produção de mudas; estabelecimento das hortaliças no campo; tratos/práticas culturais; adubação verde: espécies, plantio e manejo; compostagem / adubos e adubações e noções de gestão, entre outros.

Os interessados em participar das capacitações devem procurar o Sindicato Rural de seus municípios e averiguar a disponibilidade de vagas.

Em alguns municípios os treinamentos estão sendo colocados em prática pelos moradores em comunidades rurais e hortas comunitárias, como pode ser visto em Porto Alegre do Norte e Chapada dos Guimarães.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Cowboy
    02 Set 2016 às 10:36

    Vejo SENAR, SENAC, SENAI, e outros órgãos da classe empresarial sempre fazendo algo pela população, no sentido de melhorar e qualificar a mão de obra. Coisas que os políticos sequer são capazes de copiar. Credo, quanta incompetência e analfabetismo funcional temos nos representantes do povo brasileiro!

Sitevip Internet