Olhar Agro & Negócios

Domingo, 19 de maio de 2024

Notícias | Agronegócio

2017/2018

Posse de diretoria da Ampa é marcada por anúncio de Taques sobre a volta do Proalmat

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Posse de diretoria da Ampa é marcada por anúncio de Taques sobre a volta do Proalmat
A posse da nova diretoria da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), que terá os produtores de Campo Verde Alexandre Schenkel (presidente) e Eraí Maggi (vice-presidente) a sua frente, foi marcada pela assinatura da mensagem da volta do Programa de Incentivo à Cultura de Algodão (Proalmat). O compromisso com os cotonicultores foi firmado pelo governador Pedro Taques, que prometeu encaminhar a mensagem para a Assembleia Legislativa.


A nova diretoria da Ampa tomou posse na noite de quinta-feira, 08 de dezembro, em Cuiabá.

A volta do Proalmat havia sido garantida por Pedro Taques em outubro deste ano. O governador assinou a mensagem estabelecendo à volta na posse da diretoria da entidade e a encaminhará ainda nesta sexta-feira, 09, para a Assembleia Legislativa.

Leia mais:
Taques garante renovação do Proalmat; Mato Grosso é responsável por 65% da produção de algodão do Brasil

Taques afirmou estar convencido da importância da cultura do algodão para a economia de Mato Grosso.

O Proalmat foi criado e, 1997 no Governo Dante de Oliveira e tem validade de dez anos, tendo sua última renovação em 2006. Desde a instituição do programa de incentivo a produção de algodão de Mato Grosso subiu de 2% para 65% de participação na produção nacional.

“Estamos trabalhando para transformar o Mato Grosso no estado desejado pela sociedade”, ponderou Taques.

Conforme Alexandre Schenkel, que assume a presidência da Ampa a partir de 1° de janeiro, “desde a sua criação a Ampa vem buscando soluções para os problemas do setor da cotonicultura de forma coletiva e que assim seguirá”.

O atual presidente Gustavo Piccoli ressaltou que “é sempre importante frisar o papel da cotonicultura para o desenvolvimento de Mato Grosso com a geração de emprego, renda e capacitação”. A Ampa em dois anos inaugurou cinco centros de treinamento tecnológicos voltado para a capacitação de produtores e seus colaboradores.

“É aqui que está o algodão brasileiro”, afirmou o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Arlindo Moura. Segundo ele, Mato Grosso é o Estado com melhores condições de produzir algodão. “Em pouco tempo o Brasil será lembrado como o maior produtor do mundo de algodão”.

Presente na solenidade o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, destacou que “essa atividade que fazemos é uma atividade nobre, pois nos produzimos alimentos”.

Conforme o presidente do Sistema Famato/Senar, Rui Prado, “a Ampa serviu de exemplo para as outras associações e entidades ligadas ao setor produtivo de Mato Grosso, como a própria Famato”.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet