Olhar Agro & Negócios

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Indústria

Sinvest apresenta proposta ao Governo de Mato Grosso para incentivar setor têxtil

Da Redação - Viviane Petroli

07 Fev 2017 - 08:56

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Sinvest apresenta proposta ao Governo de Mato Grosso para incentivar setor têxtil
Uma proposta visando promover o desenvolvimento industrial e agregação de valor ao algodão produzido no Estado foi apresentada pelo Sindicato das Indústrias de Confecção de Mato Grosso (Sinvest) ao Governo de Mato Grosso.

O projeto apresentado, segundo o vice-presidente do Sinvest, Sérgio Antunes, em entrevista ao Agro Olhar, visa promover o desenvolvimento da indústria têxtil em Mato Grosso. A intenção é que se passe a fazer a transformação completa ou parcial do algodão dentro do Estado, ou seja, desde a fiação até a transformação de tecido e roupas.

Leia mais:
Com 20 anos de história, BLM aposta em franquias visando expansão da marca

"Apresentamos o projeto ao Governo de Mato Grosso e este afirmou que dará andamento para apresentar o mesmo para a Casa Civil e para a Assembleia Legislativa", pontua Antunes.

A minuta do Projeto de Lei apresentado deverá criar o Programa ‘Investe Confecção Mato Grosso’. O objetivo é promover o desenvolvimento industrial, a agregação de valores às matérias-primas oriundas da cadeia produtiva do algodão, por meio de tratamento diferenciado, bem como da concessão de benefícios fiscais do ICMS, assegurando desta forma competitividade aos produtos.

Hoje, Mato Grosso é responsável por 65% do algodão em pluma produzido no Brasil. A previsão, de acordo com a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), é que sejam colhidas 1,418 milhão de toneladas de algodão em pluma no país nesta safra 2016/2017, das quais 933,7 mil toneladas deverão ser provenientes de Mato Grosso.

“Já estivemos reunidos por diversas ocasiões com o Sinvest e com todo o setor interessado para apoiá-los na formatação dos detalhes deste Programa, que será de fundamental importância para fomentar o setor têxtil de Mato Grosso. Afinal, somos os maiores produtores de algodão do Brasil, então, nada mais justo que criarmos mecanismos para desenvolver o segmento, mobilizando toda a cadeia e atraindo investimentos”, salienta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Tomczyk, em nota.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet